Assaltantes usam Pokémon Go para roubar jogadores

Nos EUA, assaltantes usam Pokémon Go para agir

Conhecido por usar recursos de geolocalização dos smartphones, o game Pokémon Go – já disponível oficialmente em alguns países, mas não no Brasil – é um grande sucesso. No entanto, o sonho de sair às ruas para capturar monstrinhos e se tornar um mestre pokémon pode se revelar mais difícil do que parece. E até trazer problemas, como vimos após a confusão recente na Austrália.

Na cidade norte-americana de O’Fallon, no estado do Missouri, pelo menos oito pessoas foram vítimas de uma emboscada. Enquanto os jogadores se dirigiam a uma Pokéstop ( local onde é possível obter PokéBolas), foram abordados no caminho por uma gangue de assaltantes. Não era a Equipe Rocket.

De acordo com a polícia, três homens com idades entre 17 e 18 anos foram detidos e indiciados. O roubo mais recente aconteceu na manhã do último domingo (10). Os assaltantes estavam em uma BMW preta, armados. Eles ficavam à espreita nas localidades indicadas como Pokéstops no mapa do game esperando alguém aparecer a qualquer momento com um smartphone na mão.