BitBlog - Empreendedorismo

Empreendedorismo

Recife recebe 18º Encontro Locaweb nesta quinta

A 18ª edição do Encontro Locaweb chega ao Recife nesta quinta-feira (05), no cinema do Shopping RioMar, e ainda está com inscrições abertas. Realizado anualmente, o evento sempre traz nomes de peso que compartilham conhecimento nas áreas de tecnologia, marketing e empreendedorismo. Como eu já fui para duas edições, posso garantir que é realmente interessante e vale a pena. O público costuma mesclar desenvolvedores, profissionais que atuam em agências e empresários. É uma oportunidade legal inclusive para fazer networking, com momentos para coffee break que induzem você a conversar com as pessoas.

Como eu sou da área de comunicação (jornalismo/marketing), aproveito para recomendar a Martha Gabriel, que é referência em comportamento digital, uma excelente professora e capaz de passar conteúdo com muita propriedade. Nerd, divertida e acelerada, pago uma cerveja a quem conseguir cochilar durante a palestra dela sobre Growth Hacking e o que há por trás das startups do Vale do Silício. Também parecem promissores os seminários sobre conteúdo viral a favor das marcas – por Maurício Cid, do Não Salvo – e uma conversa sobre estratégias de penetração do mercado com um diretor de operações da 99Taxis. Vale lembrar que os taxistas passam por um momento de “adaptação” ao Uber e estão sendo forçados a sair da zona de conforto. Portanto, pode ser interessante aprender como um aplicativo de táxi está gerindo esta situação – embora dificilmente seja o tema principal.

O BitBlog vai sortear dois ingressos (serão dois ganhadores) para o Encontro Locaweb nesta quarta-feira. Para participar, compartilhe no Facebook em modo público esta postagem até as 20h. O resultado será divulgado ainda à noite, às 22h. O preço original da entrada é R$ 100.

PROGRAMAÇÃO

SALA DIGITAL

8h – Credenciamento
9h – Fernando Cirne (Locaweb)
Panorama do E-commerce | Mobile | Novas Mídias
10h – Coffee break
10h30 – Maurício Cid (Não Salvo)
Desafio aceito: conteúdo viral a favor das marcas
11h30 – Felipe Schepers (Opinion Box)
Inovação X Crise: as oportunidades disfarçadas em tempos difíceis
11h50 – Ricardo Pomeranz (Rapp)
A Nova Mídia Online
12h40 – Almoço
14h – André Siqueira (Resultados Digitais)
Inbound Marketing: criando um processo sistemático para aquisição de clientes
15h – Lúcio Cordeiro (99 Taxis)
Estratégia de penetração do mercado.
15h50 – Welington Sousa (All In)
Brain Marketing – Atenção, memória e emoção
16h20 – Coffee break
16h50 – Martha Gabriel
Growth Hacking: O que tem por trás das empresas do Vale do Silício
18h – Encerramento

SALA DEV

8h – Credenciamento
9h – Abertura Locaweb
10h – Coffee break
10h30 – Renan Ranelli (Milhouse) | Xerpa
Adotando novas tecnologias: como não tornar o sonho em pesadelo
11h30 – Jean Carlo Emer (Globo.com)
Aplicações Web – um estudo sobre React
12h30 – Willian Fernandes (Sticker Mule)
Rails como API de Single Page Apps
13h30 – Almoço
14h20 – Roberta Lopes Arcoverde (StackOverflow)
A Arquitetura Pragmática do Stack Overflow
15h20 – George Guimarães (Plataformatec)
Elixir: programação funcional e pragmática
16h20 – Coffee break
16h50 – Sérgio Lopes (CAELUM)
O modelo RAIL para performance Front-end
18h – Encerramento

Aceleradora Jump, do Porto Digital, completa um ano

A Jump Brasil, aceleradora do Porto Digital, está completando um ano de existência. Para comemorar o aniversário, vai rolar uma edição especial do Jump Sessions com trilhas de conteúdo sobre tecnologia e empreendedorismo. O evento acontece na próxima quarta-feira (27), a partir das 9h e é gratuito. Mas os interessados devem realizar a inscrição antes, clicando aqui.

BALANÇO

O BitBlog conversou com Pedro Henrique, superintendente de aceleração da Jump Brasil. Ele destacou que a aceleradora já se consolidou como a mais relevante do Norte e Nordeste. “Isso quem diz é o próprio mercado. Rodamos a nossa primeira turma de aceleração e as empresas que participaram começaram a despertar interesse dos investidores. Eles olham para a Jump como um lugar que forma empresas interessantes do ponto de vista de serem investidas com capital de risco”, analisa.

Ao longo de 12 meses, a aceleradora teve êxito em apoiar o ecossistema empreendedor da capital pernambucana. Pedro Henrique recorda parcerias com programas da IBM e Amazon para oferecer algum tipo de suporte aos empreendedores da região. “Ainda tivemos vários eventos, workshops e encontros, mantendo uma postura sempre aberta. Ajudamos a organizar o executar o Mangue.bit, por exemplo”, pontua.

NÚMEROS

A assessoria de comunicação do Porto Digital divulgou alguns números da primeira turma de startups aceleradas na Jump:

Archimedes
Fechou 2015 com R$ 300.000,00 de faturamento
10 universidades pagantes

Clapme
A Clapme fechou um aporte de R$ 250 mil com o grupo de investidores-anjo TripleSeven e lançou modelo de assinatura B2C

Coteaqui
Multiplicou 5x o número de clientes
R$ 20 milhões transacionados com suporte da plataforma

Teslabit
De 0 a 10 clientes
Pipeline de 100 clientes até o final de 2016
Meta de faturamento recorrente de R$ 100.000,00 por mês
Em negociação com pelo menos 3 fundos de Venture Capital para investimento

Flowup
Chegou a 100 empresas cadastradas na plataforma

PROGRAMAÇÃO

TECNOLOGIA

(9:00 às 9:45)
Desenvolvimento Mobile: Maneiras para Melhorar a Monetização de Jogos e Aplicativos | com Luís Medeiros, In Loco Media

(10:00 às 10:45)
A vez dos game devs: VR (virtual reality) e a oportunidade de bilhões para gamers | com Paulo Souza, evangelista da Unreal Engine

(11:00 às 11:45)
Melhores ambientes para desenvolver e codar: mesa redonda com grupos de devs no Recife | Convidados: Joselito Júnior (Google Developers Group), Petros Barreto (Cocoaheads), Jeftar Mascarenhas (FEMUG-PE), Gileno Filho (PUG-PE) e Guilherme Cavalcante (Frevo on Rails)

EMPREENDEDORISMO

(14:00 às 14:45)
Investimento x Empresa: o que muda depois? | com Cristiano Lincoln, CEO da Tempest Security Intelligence

(15:00 às 15:45)
Diálogo do Mangue: mesa redonda entre gerações para desenvolvimento do ecossistema empreendedor | Convidados: Ed Dantas (Cesar.labs), Hiro Miyakawa (Jump Brasil), Alcides Pires (Softex) e Italo Nogueira (Assespro)

(16:00 às 16:45)
Report de 1 ano da Jump Brasil | com Pedro Henrique, Head da Jump Brasil

JUMP SESSIONS!

(18:30)
Abertura

(19:00)
Papo com Egon Daxbacher, Gerente Sênior responsável pela implantação do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação e Engenharia Automotiva da FCA LatAm.

(20:00)
Networking, beer and foodies!

Mangue.bit traz conteúdo sobre inovação e empreendedorismo ao Recife

A Manguez.al, comunidade de empreendedores do Recife, está organizando um grande evento independente que vai acontecer no fim deste mês de março. O encontro é o Mangue.bit, que promete proporcionar um ambiente com conteúdo de alto nível aliado a um networking altamente qualificado com os melhores agentes do ecossistema brasileiro de inovação e empreendedorismo. A conferência será realizada no dia 31 de março, das 9h às 20h, no JCPM Trade Center. Os ingressos podem ser adquiridos clicando aqui. O segundo lote custa R$ 70 e o terceiro lote fica por R$ 80.

Uma coisa interessante sobre o evento é que a programação está muito robusta, com nomes de peso que vão participar de mesas redondas ou seminários. As atividades, pelo que pude perceber, duram em média 30 a 45 minutos, então não vá esperando um blablabá monótono que dura três horas. O Mangue.bit tem um ritmo acelerado, que tem tudo a ver com o perfil dos empreendedores daqui. Gente que gosta de colocar a mão na massa, de executar e fazer acontecer.

DEMODAY

O Mangue.bit vai receber um DemoDay voltado especialmente para o ecossistema recifense de empreendedorismo. Nesse espaço, as 12 startups mais quentes do mercado local terão a oportunidade de apresentar suas soluções para investidores de todo o Brasil. Se você possui uma startup baseada na capital pernambucana e quer participar, clique aqui para fazer sua inscrição. Atenção: é necessário enviar um vídeo com um pitch de 1 minuto. Bateu alguma dúvida? Então mande um e-mail para a organização do DemoDay.

PROGRAMAÇÃO

8h30 – Credenciamento
9h – Abertura com Banco do Nordeste
9h30 – Programas do BNDES para apoio à inovação
10h – Coffee Break
11h – Mesa: A experiência de ser investido por fundos de venture capital
12h – Almoço
14h – Opening e report da comunidade com Hiro Miyakawa e Luiz Gomes
14h15 – De startup à grande empresa com Romero Rodrigues
14h50 – Mesa: Caminhos para alcançar investimento no Brasil
15h35 – Do manguezal para o mundo com André Ferraz
16h10 – Mesa: Desenvolvimento de ecossistemas empreendedores
16h55 – Keynote
17h30 – Coffee Break
18h – DemoDay
20h05 – Silvio Meira fala sobre o desafio de mudar o mundo com novos negócios inovadores de crescimento empreendedor
20h35 – Encerramento

Clique aqui para ver mais informações sobre o Mangue.bit e conhecer os palestrantes.

Manguebit Silvio Meira

SERVIÇO

Mangue.bit
Data: 31 de março de 2016
Horário: 9h às 20h
Local: JCPM Trade Center
Ingressos: R$ 70 (2º lote) e R$ 80 (3º lote)
E-mail: contato@jumpbrasil.comluiz.gomes@startupweekend.org
Telefone: (81) 3216-9011

Clique aqui para acompanhar o evento no Facebook.

Manguebit Manguezal

Executivo da FriSabor dá lição de empreendedorismo na aceleradora Jump

A aceleradora do Porto Digital, a Jump Brasil, abre as portas para mais um encontro com a comunidade local de empreendedores. Na próxima quinta-feira (25), das 18h às 22h, acontece a quarta edição da Jump Sessions, que desta vez vai trazer Marcelo Mayer, diretor-executivo da FriSabor. Na ocasião, ele vai contar sua história de empreendedorismo e detalhar o plano de expansão da rede pernambucana, que já possui mais de 30 unidades espalhadas pelo Nordeste. Há quase 60 anos no mercado brasileiro, a FriSabor investiu, no final de 2014, R$ 1,5 milhão em um centro de distribuição em Fortaleza. A entrada em territórios cearenses também contou com a inauguração de uma loja própria no Shopping Iguatemi.

O que também chama a atenção na trajetória profissional de Marcelo Mayer é que ele deixou um cargo de direção na Coca-Cola para empreender. De acordo com Hiro Miyakawa, da Jump Brasil, trazer um empreendedor do cenário tradicional – que não enveredou pelo caminho das startups – será uma experiência diferente para o público da Jump Sessions. Uma das características do encontro é o formato que favorece um clima mais informal, com direito a bebida e foodtruck, mas sem deixar de lado conteúdo relevante.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas clicando aqui.

Neste outro link você pode participar do evento no Facebook, o que é uma boa forma de ampliar seu networking.

Confira a programação da Sala BitBlog no Festival do Videogame

No dia 13 de março, um domingo, Recife recebe mais uma edição do Festival do Videogame. O evento, que está com inscrições abertas, acontecerá na Expolab. O espaço funciona na Avenida Governador Carlos de Lima Cavalcanti, 100, bairro do Derby. O BitBlog é um dos parceiros do Festival do Videogame e ficou responsável por preparar uma programação especial para o público. Confira, abaixo, o que montamos para vocês:

10h30 – Conheça a IGDA

Bruno Palermo é líder de design de jogos na SaleSIM. Atua na área há 11 anos, tendo passado por companhias como Gameloft, Meantime e ZupCat, nas quais publicou mais de 20 jogos para dispositivos móveis e redes sociais. É jurado do Festival de Jogos do SBGames, membro do Theme & Diversifiers Committee da Global Game Jam e coordenador do Capítulo Recife da International Game Developers Association (IGDA). Ele vai falar sobre as iniciativas para fortalecer a comunidade gamer na capital pernambucana.

11h15 – Gamificação na sala de aula

Você sabia que educação e games podem andar de mãos dadas? Elementos dos jogos eletrônicos são usados em sala de aula para tornar a aprendizagem mais lúdica, despertando interesse dos alunos. Na Sala BitBlog, quem apresenta o conceito e as tendências da gamificação é Luciano Meira, pedagogo, pesquisador e professor do Departamento de Psicologia da UFPE. Ele também é empreendedor da Joy Street, empresa pernambucana situada no Porto Digital e que trabalha com jogos educacionais.

14h – Quero seguir carreira na área de games!

Os editores do BitBlog, Thiago Neres e Diego von Söhsten, conduzem uma mesa-redonda sobre carreiras na indústria dos games. Como é a formação desses profissionais? Que papeis eles podem desempenhar em uma empresa de jogos eletrônicos? Quais os grandes desafios da indústria, sobretudo para quem está começando? Participam conosco do bate-papo: Breno Carvalho, coordenador do curso de Jogos Digitais da Unicap, Aline Cesario Matoso, gerente de projetos da Manifesto Games, e Harrison Florencio, CEO e fundador da Studios of Magic.

15h15 – Trilha sonora nos jogos

Quem nunca teve uma trilha sonora que ficou marcada na memória? Seja em filmes, desenhos ou games, o trabalho dos compositores é uma forma de expressar arte pela música. Duvidamos que você consiga imaginar Mario ou Sonic sem uma música de fundo. Mas como se faz trilha sonora para videogames? Quem explica o processo é Paulo Germano e Diogo Bazante. Paulo atua com áudio para jogos desde 2004, tem um estúdio próprio e é professor da AESO, onde ministra a cadeira de Design de Áudio para Jogos. Diogo é professor do Conservatório Pernambucano de Música, teve passagem pela D’Accord e chegou a colaborar com o time de som da Rovio.

16h30 – Apresentando o BitBlog

Mas, afinal, o que danado é esse BitBlog? Quem são os jovens pernambucanos que atualizam o blog mais legal de tecnologia, empreendedorismo e games de Pernambuco? É o momento em que os editores Thiago Neres e Diego von Söhsten falam sobre suas experiências como blogueiros, gostos pessoais, planos para o futuro do BitBlog – como a cobertura da E3 – e oportunidades de patrocínio.

17h15 – Mulheres no mercado de TI

Se por um lado a indústria da tecnologia e informação lida com inovações, por outro ainda persistem doses de machismo que revelam uma faceta conservadora do mercado de trabalho. É comum que as mulheres profissionais de TI enfrentem preconceitos e barreiras por terem escolhido uma profissão que, na cabeça de alguns, “é coisa de homem”. Para desmistificar essa visão, a Sala BitBlog promove um encontro entre Liv Souza e Tâmara Xavier, representantes do Startup Weekend Women, e Josilene Santana, co-fundadora do grupo Women Who Code. Também participa Thaís Freitas, analista de qualidade da ThoughtWorks, uma empresa de software e uma comunidade de pessoas apaixonadas e guiadas por propósitos, especialistas em consultoria, entrega e produtos de software. A multinacional busca entregar tecnologia que atenda aos maiores desafios de clientes e, ao mesmo tempo, revolucionar a indústria de tecnologia e promover mudanças sociais positivas.

18h30 – Empreendedorismo e games

Você já teve vontade de juntar uns amigos e montar uma empresa desenvolvedora de jogos? Se essa ideia passou pela sua cabeça, mas você não sabe nem por onde começar, venha para esta palestra. Quem vai dar um norte sobre os primeiros passos no empreendedorismo é Marcos Oliveira, gerente de incubação do Porto Digital. Ele possui experiência com consultoria para startups na área de jogos que passaram pelas incubadoras do parque tecnológico do Recife. Além disso, vai trazer cases e enfatizar aspectos mercadológicos que os empreendedores em games precisam levar em conta para alcançar o sucesso.

Jovens empreendedores discutem o que deu errado no Momento Crítico

Quem disse que empreender e abrir uma startup é só glamour? A bem da verdade – e digo baseado em várias entrevistas – ser dono do próprio negócio é um desafio tão recompensador quanto dolorido. Num processo contínuo de tentativa e erro, muitos negócios acabam fechando e os empreendedores, com frequência, acumulam experiências e perdem dinheiro.

O que não é, necessariamente, algo ruim.

A aceleradora Jump Brasil convida o público a conhecer cases de fracasso. Nesta edição, a organização promete uma sessão de aprendizado com André Araújo e Emerson Silva através das experiências empreendedoras da Ogilvy no Recife. O segundo case será apresentado por Rafael Palermo, com as histórias de altos e baixos da startup RoofTOP.

O bate-papo é na noite desta quinta-feira (04), às 18h45, quando acontece o Momento Crítico 2016, um encontro que encerra as programações do Recife Summer School do Porto Digital. As inscrições para o evento custam R$ 20 e podem ser feitas neste link.

Interesse notar que no Vale do Silício – o maior polo de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo – prevalece a cultura do fail fast e smart fail. Quanto mais fracassos você acumula, mais conhecimento possui para não repetir os mesmos erros. É o tipo de experiência que chama a atenção dos investidores lá fora. Desde que não se esbarre sempre nas mesmas barreiras – daí o smart (inteligente).

Aqui no Brasil, essa lógica ainda é vista com desconfiança. Não é fácil entender, de imediato, por que o fracasso deve ser valorizado. Felizmente existem iniciativas que brotam da própria comunidade, como o Momento Crítico, e servem de farol para guiar a nova geração de empreendedores.

Abertas inscrições para o Startup Weekend Women Recife

Março, mês em que se comemora o Dia da Mulher, será marcado também por um evento muito especial para o ecossistema de tecnologia e economia criativa do Recife. A capital pernambucana voltará a receber uma edição do Startup Weekend com foco nas mulheres – um público que costuma enfrentar barreiras impostas pelo machismo de uma indústria que inova muito em tecnologia, mas às vezes patina em questões sociais.

As inscrições já estão abertas e o encontro acontecerá entre os dias 18 e 20 de março, na Jump Brasil, aceleradora do Porto Digital. Oitenta empreendedoras, designers e desenvolvedoras vão unir forças para transformar ideias em negócios dentro de 54 horas. O primeiro lote promocional de ingressos é vendido a R$ 100 e encerra-se no próximo domingo (07).

Será a segunda edição de um Startup Weekend Women no Recife. Confira aqui como foi a primeira edição, em outubro do ano passado. Abaixo, colocamos também um vídeo do evento realizado em 2015.