#CPRecife4: Conheça o Waho, app amigo do subúrbio

#CPRecife4: Conheça o Waho, app amigo do subúrbio

Startup Waho

Nas postagens de ontem, falamos sobre o Startup & Makers da quarta edição da Campus Party e entrevistamos alguns empreendedores. Mas há outro espaço com uma proposta bem parecida e que “estreou” este ano: a Campus Future, que traz projetos incríveis de estudantes universitários. Para abrir os trabalhos, vamos falar do Waho, um aplicativo que está sendo desenvolvido por quatro alunos da UFPE. A equipe é formada por Eduarda Scharnhorst (administração/19 anos), Maysa Borges (design/20 anos), Déborah Mesquisa (ciência da computação/24 anos) e José Luiz Correa (ciência da computação/27 anos).

Do que se trata? Elas tiveram a ideia de divulgar uma parte do Recife pouco conhecida aos turistas e focar no potencial das boas histórias do subúrbio para atrair quem vem de fora do estado para nossas terras tupiniquins. A plataforma ainda é embrionária e, o protótipo, bastante cru.

Tela WahoO Waho terá um mapa com várias sugestões de locais aos turistas e os usuários poderão ver os mais próximos para montar um roteiro. O diferencial de grandes players do mercado, como TripAdvisor e Booking, é a aposta do grupo na humanização do turismo. O protótipo traz boas imagens e conta um pouco sobre o Bar da Geralda e o Mercado da Encruzilhada. Há um mês e meio, a equipe entrevistou pessoas no aeroporto e em hostels para coletar sugestões.

Na quarta edição da Campus Party Recife, o quarteto do Waho teve a ótima ideia de criar um quadro e circular nas áreas da Arena e Open Campus para receber novas ideias. Quando cruzei com eles, a quantidade de post-its me fez acreditar que atingiram o objetivo.

Para monetizar, o time planejou trabalhar a venda de anúncios no formato de histórias patrocinadas e oferecer algumas funcionalidades pagas.

Acompanhe nossa cobertura no Facebook e no Twitter.