EA Play: veja como foi a conferência

EA Play: veja como foi a conferência

Neste domingo, com cobertura do BitBlog, houve a conferência da EA no evento EA Play. Já que a empresa optou por não participar da E3, mas sim em sediar uma feira exclusiva na mesma semana, as atenções se viraram, mesmo que por um dia, para Battlefield 1, Titanfall 2 e Fifa 17.

A conferência foi regular. Não houve grandes surpresas. Confira, abaixo, um resumo do que aconteceu:

  • Andrew Wilson, CEO da EA, sediou o evento principal em Los Angeles. Ao mesmo tempo, Peter Moore, COO da empresa, comandou o público de Londres. Os dois trocaram figurinhas em vários momentos.
  • O primeiro trailer exibido foi o de Titanfall 2, para PS4, Xbox One e PC, que será lançado em 28 de outubro. Um sistema de evolução mais profundo foi prometido. O modo single-player também foi mencionado, mesmo após o vazamento de um trailer nesta manhã.


Titanfall 2

  • Madden NFL 17 teve imagens apresentadas. A EA aproveitou para falar do cenário competitivo de e-Sports da atualidade e anunciar novos eventos para os seus títulos esportivos deste ano.
  • Um torneio de Madden NFL 16 acontecerá em LA durante o evento, sendo a final na terça-feira às 22h (horário de Brasília), com transmissão pelo Twtich.
  • Mass Effect Andromeda, adiado para 2017, é um novo começo para a franquia, além de usar o poderoso motor Frostbite.


Andromeda tá ficando muito interessante

  • Para 2016, a EA promete apoiar títulos existentes. Star Wars Battlefront seguirá recebendo conteúdo adicional nos próximos meses, enquanto o programa Play to Give vai trazer novidades a Battlefield Hardline, Fifa 16, Madden NFL 16 e o próprio Battlefront, beneficiando negócios sociais com investimentos de 1 milhão de dólares.
  • Como já sabemos, Fifa 17 usará o motor Frostbite. O jogo chega em setembro ao PS4, One e PC, com o modo The Journey trazendo treinadores como Guardiola, Wenger e até Mourinho – este último esteve no palco, inclusive.


The Journey tenta trazer novidades à saturada franquia Fifa

  • Após o sucesso de Unravel, foi lançado o programa EA Originals, para apoiar produtores independentes. O lucro obtido com a venda destes games será 100% destinado aos próprios estúdios. O primeiro título a se beneficiar da iniciativa será Fe, um jogo de aventura misterioso e sombrio sobre o relacionamento do ser humano com a natureza.
  • Jade Raymond, gerente geral, falou sobre os jogos Star Wars que estão sendo desenvolvidos pelos estúdios internos da EA. Em 2017, sairá o título da Visceral Games, enquanto a Respawn trabalha em um jogo de ação em terceira pessoa.


O futuro de Star Wars na EA, pelo menos, é animador

  • Battlefield 1 encerrou a conferência. Com partidas online para até 64 pessoas por sala, o jogo terá condições climáticas aleatórias afetando o gameplay. Chega em 21 de outubro ao PS4, One e PC, sendo que um open beta está previsto para o meio do ano.