Museu do Videogame retorna ao Recife neste domingo

Conforme o BitBlog adiantou em janeiro, o Museu do Videogame Itinerante está de volta à capital pernambucana e abre as portas neste domingo (03), no Shopping Center Recife. Ele fica montado no estabelecimento comercial até o próximo dia 24, funcionando das 10h às 22h. A entrada é gratuita, assim como a inscrição nos torneios. Estaremos lá fazendo transmissões ao vivo pelo Facebook.

Sucesso de público em 2015, quando foi visitada por mais de 250 mil pessoas apenas no Recife, a exposição retorna com várias novidades, incluindo o aumento do acervo – que agora já totaliza mais de 250 consoles e portáteis. O detalhe é que também haverá mais opções de videogames para a galera jogar, como o Sega CDX, o Atari Jaguar e o LaserActive. Todos são raridades que poucos tiveram a chance de ver e sentir.

A coleção conta a história de uma indústria relativamente nova, com apenas 44 anos, mas que fascina gerações de todas as idades. Os portáteis receberam um incremento para a edição 2016 e terão uma ilha dedicada a eles. Vistos com certo preconceito, os videogames clones (imitações dos famosos) também estarão por lá. A eles é creditado o início do mercado dos jogos eletrônicos no Brasil, já que os preços mais acessíveis possibilitaram o acesso da população aos games.

Desta vez o Museu do Videogame Itinerante promete apresentar os primeiros consoles das grandes fabricantes: Atari, Nintendo e Sega. Dois controles gigantes do Super Nintendo e Nintendinho, com 1,5 metro cada, foram confeccionados especialmente para a exposição e são jogáveis. Imagina juntar a família para passar das fases do Super Mario World? Alguém precisa ficar nos direcionais enquanto o outro assume os botões Y, X, B e A.

Infelizmente a ideia de fazer um concerto com trilhas sonoras de games – confesso que teria adorado isso – acabou não indo para frente. Fica nossa torcida para conseguirem viabilizar em futuras edições.

Just Dance 2016

Campeonatos de jogos consagrados, como Just Dance, Mortal Kombat e Street Fighter vão desafiar os mais habilidosos. Em breve será divulgada a programação e o regulamento de cada um deles. O BitBlog apurou que o torneio de Just Dance, ao contrário do ano anterior, será individual. Os participantes podem dançar à vontade, inclusive em dias diferentes, para alcançar pontuações maiores. A final será com os dez melhores colocados em uma data próxima do encerramento do Museu.

A curadoria é toda feita pelo jornalista Cleidson Lima, idealizador do projeto e pesquisador. Ele pretende lançar no próximo ano um grande almanaque com informações sobre a trajetória dos videogames e até entrevistas com os projetistas das grandes empresas. Cleidson nos contou que a ideia inicial era escrever sobre uns 300 consoles, mas o livro já vai em mais de 500. Estamos ansiosos por ele.