Star Wars 1313, o game que todos gostariam de ter jogado

Star Wars 1313, o game que todos gostariam de ter jogado

O ano era 2012. Em plena E3, a equipe da LucasArts não escondia a empolgação com o seu novo projeto, Star Wars 1313. Eis que o projeto foi cancelado no ano seguinte, após a compra da Lucasfilm pela Disney, mesmo após incontáveis protestos dos fãs. Conheça um pouco deste (quase) game, na estreia da nossa coluna No Limbo.

Nas profundezas de Coruscant

Star Wars 1313 - Boba FettFicou difícil esconder quem seria o protagonista depois do vazamento dessa arte

De acordo com uma demonstração mais completa, revelada ao site IGN em 2013, o jogo começaria em Tattooine. Naquele planeta, era comum ver caçadores de recompensas, todos servindo chefes do crime. Entre eles, o protagonista Boba Fett (sim, o dos filmes), que – surpreendentemente – era contratado por Jabba the Hutt. O caçador ainda era bastante jovem, embora já usasse o capacete de seu pai. No decorrer da narrativa, posicionada entre os episódios III e IV, Boba Fett ficaria mais forte, adicionando novos elementos a sua armadura.

Em um determinado momento, Boba Fett iria para a metrópole subterrânea de 1313 em Coruscant, onde descobriria uma conspiração criminosa. Após perseguir um guerreiro da raça Trandoshan, uma espécie de réptil humanoide, o caçador descobre que alguns produtos estavam sendo contrabandeados para outros planetas por famílias corruptas que habitam na cidade, algo que despertaria a curiosidade de Jabba.

Junto a Fett, estariam um androide (que o trairia em determinado ponto do jogo), um humano e dois alienígenas. Em determinado momento, o ambiente mudaria para a metrópole de 1314, onde estaria a recompensa do protagonista. A partir daí, não se sabe ainda o rumo do enredo, até porque o mesmo foi alterado inúmeras vezes.

Como tudo começou

Star Wars 1313 - level 1O mundo de 1313 era bem detalhado, fruto de altos investimentos do estúdio

Em meados de 2010, para uma imersão completa na série, o diretor criativo do jogo, Dominic Robilliard, passou dois anos em contato direto com George Lucas.  A ideia era entender a visão do criador da franquia, para poder produzir um jogo que a refletisse. Este pode ter sido o pecado principal: ouvir demais Lucas, que fez intervenções drásticas nos trabalhos. Após muitas iterações de prototipação, o resultado começava a ganhar forma. Desenvolvido usando a Unreal Engine 3, Star Wars 1313 era um esforço em conjunto entre a LucasArts, Lucasfilm, a Industrial Light and Magic e a Skywalker Sound.

A ambição do projeto era tão grande que, para muitos, era uma tecnologia de filmes que não cabia em um jogo, ou até mesmo o contrário. A LucasArts investiu bastante no chamado “gameplay cinemático”. Com tantas cenas realistas, com direito a efeitos cinematográficos e um elenco de atores, o game passou por alguns momentos de “crise de identidade”. A própria inclusão de Boba Fett foi algo feito na reta final do projeto, pouco antes de seu cancelamento. George Lucas teria interferido inúmeras vezes nos trabalhos, gerando insatisfação em parte do time. Por isso, de acordo com uma fonte do site Kotaku, o título esteve, várias vezes, à beira do cancelamento.

Do sucesso ao fim


A demonstração da E3 deixou no ar mais perguntas do que respostas

A curta demonstração apresentada na E3 2012 deixava muitas perguntas no ar. Quem seriam os dois indivíduos no início do jogo? Para onde eles iam? Qual o objetivo? Nem mesmo as plataformas que receberiam 1313 tinham sido confirmadas naquele momento. Veio a público, tempos depois, que eram considerados o PS4 e Xbox One – até então não revelados oficialmente – além do PC. Mesmo com as incertezas, o ambicioso Star Wars fez um enorme sucesso na E3 daquele ano, ganhando dezenas de prêmios e trazendo de volta os fãs da série.

Quando perguntados sobre o futuro, o time não revelava muito. Uma data de lançamento ainda não tinha sido anunciada, embora fontes seguras indicassem o final de 2013. Na Gamescom, em agosto de 2012, mais um trailer (veja abaixo), sem grandes novidades. A partir disso, começava um período de silêncio total sobre o projeto. Em fevereiro de 2013, fontes indicaram que o título tinha sido cancelado, após a aquisição da Lucasfilm pela Disney, embora a posição oficial era de que o time seguia com os trabalhos. Após o anúncio oficial do cancelamento, em abril, a demonstração prevista para a E3 2013 – que já estava quase pronta – foi descartada, e a equipe técnica demitida.

Futuro?


Trailer revelado na Gamescom, em 2012, foi o úlitmo vídeo oficial do projeto

Embora várias pessoas da EA – que tem um contrato com a Disney para produzir os próximos games de Star Wars – tenham indicado que poderão usar elementos de 1313, oficialmente não há um projeto para continuá-lo. Há um Star Wars de ação sendo feito pela Visceral Games, previsto para 2017, mas não se trata do jogo em questão. Pelo jeito, estamos falando de mais um grande título que foi engavetado e que não verá a luz do dia.

Fique ligado nos próximos artigos da coluna No Limbo, com mais curiosidades sobre o que você nunca vai poder jogar.