Super Mario World completa 25 anos, veja legado

Em 21 de novembro de 2015, era lançado no Japão um dos títulos mais queridos do famoso mascote da Nintendo. Super Mario Bros. 4: Super Mario World (sim, lá o nome é esse mesmo) chegava ao mercado no mesmo dia que o Super Famicom, o Super Nintendo de lá. Para comemorar o aniversário de 25 anos do game, o BitBlog falou sobre alguns dos legados que o clássico deixou. Confira!

Yoshi, o dinossauro debutante

Evolução de YoshiEvolução do famoso dinossauro: o seu protótipo, aparição em Super Mario World e modelo atual

Shigeru Miyamoto, criador da série Mario, queria um animal que acompanhasse o bigodudo já nos primeiros games Super Mario Bros., na década de 80. Entretanto, as limitações técnicas do NES impediram a viabilidade disso. A ideia ficou na gaveta até o desenvolvimento do primeiro jogo da série para Super NES.

Yoshi foi inspirado em Tamagon, o dragão protagonista de Devil World. Seu nome completo é T. Yoshisaur Munchakoopas, de acordo com um guia da Nintendo de 1993. Namora um outro dinossauro, Birdo.

Parece que foi ontem que eu jogava os estágios da Star Road e descobria as versões alternativas de Yoshi… O azul, que pode voar, o vermelho, que cospe fogo e o amarelo, que causa dano ao atingir o solo. Bons tempos!

Ghost Houses e seus labirintos

Ghost House em Super Mario WorldQuando você não está perdido, está correndo de dezenas de Boos

Além de trazerem uma trilha sonora marcante, as Ghost Houses de Super Mario World também são lembradas pelos seus puzzles e saídas secretas. A fórmula “correr e pular” mudou um pouco, tirando os jogadores da aparente linearidade e obrigando-os a encontrar formas criativas de completar os estágios.

As fases “assombradas”  se tornaram um dos destaques do game de SNES, voltando na série spin-off New Super Mario Bros., para DS, Wii, 3DS e Wii U. Além disso, viraram palco de disputas de kart (Super Mario Kart) e tênis (Mario Tennis).

Pra mim, a pior coisa das Ghost Houses era não poder entrar com Yoshi. Achava isso um absurdo, no auge dos meus cinco anos.

Mario pode voar!

Caped MarioEsse era o item mais “rockstar” do jogo

Sim, eu sei que existia o Raccoon Mario antes disso. Mas a capa tinha todo um charme. E a mecânica de voo com ela em Super Mario World era bem mais divertida! Ela virou até item em Super Mario Kart e retornou em games posteriores da série principal, porém teve seu auge em SMW.

Com a capa, Mario (ou Luigi, disponível no modo multiplayer) podia alcançar passagens secretas no topo das fases, além de uma série de itens. Eu era daqueles jogadores que, ao perder este power-up, voltava ao começo dos estágios só para consegui-lo novamente.

Banzai Bills: é hora de correr!

Banzai Bill em Super Mario WorldNada mais assustador do que se deparar com um Banzai Bill

Não satisfeita com os Bullet Bills dos títulos anteriores, a Nintendo estava empenhada em assustar os jogadores. Eis que surge a versão “digivolvida”, o Banzai Bill, logo no primeiro mundo de SMW. Algo impossível de reproduzir no NES, mas que se tornava realidade com o novo 16-bit da empresa.

Magikoopas

Magikoopa em Super Mario WorldEncontrar um deles era algo bem… frustrante

Não tinha nada mais detestável em SMW do que os Magikoopas! Toda vez que via um, ficava na eterna dúvida: tento matá-lo ou corro? De qualquer forma, estes Koopas podem lançar feitiços que transformam elementos das fases, além de serem fatais para o coitado do Mario. Eles são os inimigos de alto escalão do exército de Bowser, além de serem conselheiros do mesmo.

O líder destas tartarugas infelizes, Kamek, só veio estrear na sequência de Super Mario World, mas comprova o legado do título em relação aos Magikoopas. Eles estão presentes em dezenas de games Mario.

A música tema dos estágios

Já percebeu que a música das fases – sejam elas tradicionais, aquáticas ou até Ghost Houses – é a mesma, com pequenas variações? A trilha é marcante e foi tema até de um trabalho de alunos da UFPE, apresentado no vídeo acima. Assista e deixe a nostalgia fluir.


Pra mim, o melhor de tudo é poder demonstrar todos estes elementos acima, ao construir uma fase em Super Mario Maker (já leu nossa análise?). Não tem forma melhor de homenagear o aniversariante.

E para você, qual o legado mais marcante de Super Mario World?