Dice

Expansão de Battlefield 1 chega em março

Os fãs de Battlefield 1 estão empolgados com o trailer de They Shall Not Pass, a primeira expansão do game. A DICE e a EA vão inserir os franceses na Primeira Guerra Mundial e quem adquiriu o premium pass vai conferir as novidades com duas semanas de antecedência. E o que tem de novo com a expansão? Quatro mapas, duas operações e o modo Frontlines, uma mistura de Conquest com Rush.

A expansão They Shall Not Pass chega no dia 14 de março para quem é premium e os demais poderão comprá-la a partir de 28 de março. Outras três expansões estão previstas para Battlefield 1 e irão trazer adições interessantes, como mapas da Bélgica, Rússia e Turquia. O game é para Playstation 4, Xbox One e Windows.

Battlefield 1 – Expansão They Shall Not Pass

Battlefield 1 – Modo Frontlines

Titanfall 2: teste o jogo antes do lançamento

Depois de anunciar o open beta de Battlefield 1, a EA anunciou que o público poderá, enfim, curtir Titanfall 2 antes do lançamento oficial. Após o teste que fizemos do game em junho, não poderíamos recomendar mais! Vale a pena, é um dos títulos mais esperados deste ano.

A EA, junto ao estúdio Respawn, promete liberar uma versão com multiplayer online em dois finais de semana de agosto. Em cada um deles, os recursos disponíveis serão diferentes. Veja abaixo a agenda planejada, lembrando que esta demonstração estará presente apenas no PS4 e Xbox One, com as instruções no site oficial.

19 e 20 de agosto

  • 2 modos
    • Bounty Hunt (5 vs 5): ganhe bônus eliminando inimigos, mas não esqueça de depositá-los no “banco” sem morrer antes.
    • Pilots vs Pilots (8 vs 8): apenas com Pilots lutando entre si, tente ser o melhor.
  • 2 estágios
    • Boomtown: em um complexo embaixo da terra, guardado a sete chaves, use os telhados para se proteger dos disparos. Os gigantescos e lentos Titans ficam em desvantagem aqui.
    • Homestead: pedras e árvores ajudam a proteger Pilots dos Titans, além das cavernas e prédios espalhados pelo mapa.

26 e 27 de agosto

  • 1 modo
    • Amped Hardpoint (6 vs 6): defenda um Hardpoint para dobrar a pontuação do seu time.
  • 1 estágio
    • Forward Base Kodai: em uma subestação dominada por forças militares, Titans podem ter uma visão geral do mapa se estiverem no telhado.

Independentemente do final de semana, dois novos Titans estarão disponíveis: Ion e Scorch. Espere ainda uma variada quantidade de armas e o novo recurso Networks, que promete facilitar partidas entre amigos.

Battlefield 1 vai receber open beta em 31 de agosto

Ansioso(a) por Battlefield 1? A EA anunciou que vai abrir um período para os jogadores curtirem, gratuitamente, uma versão prévia do game – o chamado “open beta“. Nós jogamos o game na EA Play (Los Angeles) e achamos “regular”, mas agora você terá a chance de avaliar por conta própria.

O open beta começa no dia 31 de agosto e vai trazer o Sinai Desert em dois modos: Conquest e Rush. Será possível jogar em times de 32 x 32 pessoas, com direito a cavalgar pelo cenário. Três Elite Classes estarão disponíveis: Sentry, Flame Trooper e Tank Hunter.

Para jogar, é preciso se cadastrar no Battlefield Insider até 21 de agosto e escolher a sua plataforma: PS4, Xbox One ou PC/Origin. O jogo final chega em 21 de outubro, inclusive no Brasil. Abaixo, confira o mais recente trailer do game, divulgado na feira Gamescom.

Jogamos: Battlefield 1 é ambicioso, mais do que deveria

Depois da conferência da EA (que o BitBlog transmitiu), era impossível não criar grandes expectativas para jogar Battlefield 1. Combates aéreos, clima mudando aleatoriamente (e afetando o gameplay), um visual deslumbrante e as partidas de até 64 jogadores de sempre. As filas para experimentar o novo game da DICE eram as maiores no EA Play de Los Angeles, sendo preciso ter paciência para aguardar a sua vez. No entanto, o que vimos não foi nada tão revolucionário assim. É mais um título hardcore, e que ainda pode sofrer do mesmo mal de Watch Dogs anos atrás: o hype exagerado.

Antes de começar a brincadeira de fato, o pessoal da EA exibiu um vídeo com algumas instruções e uma visão geral de Battlefield 1. Era impossível não se empolgar. Os combates aéreos, as estratégias e as classes empolgaram bastante. A empresa não nos permitiu filmar nada lá dentro da arena. Ao chegar, 64 PCs (cada um com mouse/teclado e controle do Xbox One, dando liberdade ao público). Rapidamente começou a partida. Em cerca de 15 minutos, ficou bem claro que o game é hardcore mesmo, sendo preciso muita prática para não “apanhar”. Ainda não era possível experimentar o combate aéreo, apenas terrestre. O modo em questão consistia na conquista de bandeiras (seis) em um grande mapa.

Battlefield 1 - gameplayO velho modo de captura de bandeira está de volta

Diferentemente de Titanfall 2, Battlefield 1 não funciona tão bem no joystick. Lento e travado, a impressão é que você está sob alguma desvantagem. A experiência não era nem de perto fluida como no jogo da Respawn, talvez porque a DICE optou por cenários gigantescos e ambiciosos. E é este o possível  pecado do novo Battlefield: ser ambicioso demais. Até aqui, o que vimos foi algo regular. Nem mesmo o clima dinâmico, anunciado com festa pela EA, foi o suficiente para termos algo novo. Resta aguardar o jogo final para sabermos se essas conclusões vão se manter.


Leia mais:
Jogamos: Titanfall 2 surpreende pela diversão
BitBlog mostra bastidores da EA Play em vídeo

Battlefield 1 vai se passar na Primeira Guerra Mundial e chega em outubro

Após uma série de rumores, finalmente surgem novidades sobre o Battlefield 1. O novo título da franquia vai se passar na Primeira Guerra Mundial e será lançado para Xbox One, PlayStation 4 e PC em 21 de outubro. O estúdio Dice, responsável pelo desenvolvimento, revelou que um beta será aberto ainda neste ano. Durante a EA Play, que acontece em paralelo à E3, em junho, o game poderá ser jogado pela primeira vez. A novidade chegou a despontar nos trending topics do Twitter na noite desta sexta-feira (06). Confira, abaixo, o novo trailer:

REPERCUSSÃO