Dice

Conheça os melhores games da E3 2017, segundo o BitBlog!

A E3 2017 acabou na última quinta-feira, 15 de junho. O BitBlog ainda tem uma tonelada de conteúdo para escrever: prévias, entrevistas e bastidores da feira e de novos games. Mas não podemos perder o timing: jogamos muita coisa e queremos, nesta segunda E3 que cobrimos, reconhecer os jogos que chamaram mais atenção. Conheça o Melhores da E3 2017, via BitBlog!


Evento pré-E3 mais divertido

Roda gigante da Bethesda, no meio das atrações, dava o tom divertido que a conferência teria

Roda gigante da Bethesda, no meio das atrações, dava o tom divertido que a conferência teria

A Bethesda montou um parque de diversões em plena Los Angeles, com direito a uma roda gigante, barraquinhas de comida típica e estações com demos de Elder Scrolls. Cada franquia representava uma área do espaço no LA Center Studios. Ainda rolou show de The Chainsmokers logo após a conferência. Fica difícil não eleger o Bethesdaland como o evento pré-E3 mais divertido. Leia aqui a nossa cobertura do evento, incluindo bastidores!

Melhor conferência pré-E3

Essa aqui foi concorrida, mas ficamos com a Ubisoft. Ela trouxe o que queríamos ver, além de surpresas como Skull & Bones, Starlink: Battle for Atlas (nossas impressões aqui), Beyond Good & Evil 2 e Transference. Teve até Shigeru Miyamoto no palco!

Melhor game de plataforma

Mario pulando corda na cidade do game

Mario tá até pulando corda agora

Que E3 para o gênero! Concorrentes maravilhosos não faltaram, mas o prêmio vai mesmo para Super Mario Odyssey. A nova aventura do mascote injeta um ar de novidade no gênero, ao mesmo tempo em que resgata a essência que consagrou Super Mario 64 e Super Mario Sunshine. Veja as nossas impressões!

Melhor game de ação/aventura

Esta tende a ser uma categoria super concorrida, mas Super Mario Odyssey leva mais um prêmio. Explorar New Donk City, assim como o estágio do deserto, despertou sorrisos na cara de quem curtiu a demo jogável na feira. Isso sem falar dos vários colecionáveis espalhados pelos cenários, missões principais e side-quests.

Melhor game de corrida

Diversidade das missões traz um brilho maior a The Crew em seu segundo game

The Crew 2 pode ter muitos elementos de MMO, mas – em sua base – é um título de corrida arcade. A diversidade de veículos e ambientes é impressionante! Veja nossa prévia aqui.

Melhor RPG

Protagonista Adol Christin corre em uma praia junto a colegas

Ys VIII é o primeiro da série principal para o PS4

Em uma E3 onde os RPGs estiveram basicamente em portáteis, Ys VIII: Lacrimosa of Dana (para PS4 e Vita) é um sucessor à altura de Ys: Memories of Celceta. O RPG de ação apresentou dungeons com a essência de exploração da franquia, ao mesmo tempo em que desenvolve um enredo mais profundo com o esquecidinho Adol Cristin. Veja aqui a nossa prévia!

Melhor FPS (tiro em primeira pessoa)

Stormtroopers correndo

Battlefront 2 quer trabalhar em cima dos erros do predecessor

Não faltou concorrência, mas Star Wars Battlefront II representa um pacote completo para garantir horas e horas (e, por que não, anos) de jogatina. É um game que fala para todos os fãs de Star Wars, passando pelas três eras, com missões novas e clássicas em um visual caprichado. Isso sem contar os heróis (com visão em terceira pessoa)! Veja aqui a nossa prévia.

Melhor game de estratégia

Mario lançando Rabbid Peach em direção a uma parte segura do tabuleiro

Se proteger em posições estratégicas é essencial para vencer as batalhas

Parceria da Ubisoft com a Nintendo, Mario + Rabbids: Kingdom Battle traz o mundo colorido dos mascotes para o gênero. É preciso ver como a narrativa vai se desenvolver, mas – a julgar pela demo da E3 (veja nossas impressões aqui) – gostamos muito da mecânica de combate por turnos. Há ainda elementos de RPG entre combates.

Melhor game esportivo

Usian Bolt comemorando gol

Até Usian Bolt apareceu em PES 2018

Com melhorias na Master League, modo MyClub compartilhável com outra pessoa, mais fidelidade na representação de estádios e jogadores e ainda o retorno de mecânicas que funcionavam (como os pênaltis na era PS2), Pro Evolution Soccer 2018 mostra o empenho da Konami em revitalizar o gênero – uma missão difícil, dados os lançamentos anuais.

Melhor multiplayer online

Zumbis são levados embora via balões

No final da missão, não fica nada fácil manter-se seguro

Surpresa! Metal Gear Survive é muito divertido. Não fui o único com essa impressão, vários jornalistas falaram o mesmo ao sair da sessão hands-on em um espaço a portas fechadas montado pela Konami. Com uma mecânica descompromissada com a realidade, ao mesmo tempo em que mostra alguma preocupação com o legado da série, Survive não penaliza novatos e traz uma mecânica cooperativa que agrada. Veja aqui a nossa prévia.

Melhor game de realidade virtual

Protagonista andando pelos cenários futuristas do game, em meio a puzzles

Star Child é, basicamente, uma obra de arte

Um título de plataforma compatível com o PlayStation VR, onde a câmera acompanha o personagem por cenários caprichados, usando movimentação 2.5D. Este é Star Child, anunciado na conferência pré-E3 da Sony e jogável na feira. Com diversos puzzles espalhados pelas fases, o título é uma experiência relaxante e inovadora. Veja aqui nossas impressões!

Melhor game para PlayStation 4

Suspeito de assassinar esposa fazendo a filha em refém, em cena do game

Filme ou game?

Falamos que ele parece um filme jogável, e Detroit: Become Human não esconde isso. Não é o game onde você sai atirando em tudo e correndo desesperadamente pelos cantos, mas sim um enredo que te obriga a pensar – e que joga uma grande responsabilidade nas decisões que você toma. Candidato a jogo do ano!

Melhor game para PS Vita

Em uma plataforma que ainda se recusa a morrer, Ys VIII: Lacrimosa of Dana brilha bastante.

Melhor game para Nintendo Switch

Com Xenoblade Chronicles 2 e outros títulos AAA não estando jogáveis, sobrou para Super Mario Odyssey representar (super) bem o Switch.

Melhor game para 3DS

Protagonista Tathu em combate

Este (a) é Tathu, herói/heroína em suas aventuras pelo deserto

Embora esteja prestes a ser lançado, Ever Oasis estava na feira e impressionou pela mecânica à la Zelda. Metroid: Samus Returns não estava jogável e poderia ter sido um bom competidor.

Melhor game para Windows

Protagonista golpeando inimigos em pleno deserto

Egito é palco de novo jogo da série

Com um enredo envolvente e um visual ainda mais realista, Assassin’s Creed Origins é o retorno da série multiplataforma.

Melhor game de Xbox One

Protagonista Lucky em cenário colorido do seu reino

Vem aí mais um mascote de plataforma – do jeito que a gente gosta

Já nasceu clássico. Super Lucky’s Tale representa uma mistura de Banjo-Kazooie, Mario e Crash Bandicoot ao mesmo tempo em que traz originalidade. Veja aqui a nossa prévia.

Melhor game da E3 2017

Caixinha do game, com Mario lançando seu boné em meio à cidade de New Donk City

Até a caixinha é linda

Super Mario Odyssey. A Nintendo não decepciona com a série principal do bigodudo e Odyssey é a prova disso! Há muito conteúdo, ao mesmo tempo em que a essência de Mario é mantida.


Se você acha que a cobertura da E3 2017 no BitBlog terminou, está enganado! Tem muito, muito conteúdo ainda por vir. Fiquem atentos em nosso site e redes sociais! Não deixe de acompanhar também o que rolou nas conferências da Nintendo e PlayStation.

Jogamos: Star Wars Battlefront 2 é tudo o que os fãs esperam

O primeiro Battlefront, de 2015, é lindo e tem um multiplayer bastante competitivo. Mas os fãs queriam mais. A ausência de um modo estória foi bastante sentida e a EA mostrou que ouviu os feedbacks. Com isso, Star Wars Battlefront 2 foi anunciado e conta com uma saga entre os episódios VI e VII dos filmes. O BitBlog jogou a demo do game e traz as nossas impressões abaixo. Para ver o que rolou na conferência da EA Play, clique aqui!

Um multiplayer ainda mais envolvente

Já temos algumas informações do modo estória, mas o que nós jogamos na EA Play, em Los Angeles, foi uma demo multiplayer. Em partidas 20 x 20, dois times entram em combate: um exército de clones escolta um gigantesco tanque em direção a um templo, enquanto um grupo de stormtroopers precisa defender a área e explodir o tal veículo. A demo era dividida em três momentos da operação de ataque (ou defesa, dependendo de onde você está).

Pudemos escolher entre quatro classes de personagens: Assault (equilibrados), Heavy Assault (lentos, porém com grande poder explosivo), Officer (mais ágeis) e Specialist (com armas de longo alcance). Cada vez em que acertávamos – ou até mesmo eliminávamos – alguém, ganhamos pontos de combate. Estes pontos podem ser trocados pelo uso de veículos ou heróis (como Rey e Darth Maul).

A demo começou com a câmera invertida e, até conseguir mudar a configuração (em meio ao tiroteio), perdi algum tempo. Com a configuração ok, fui razoavelmente bem como o Specialist, até descobrir o critério do ranking no final da partida: não apenas quem morria menos e eliminava mais oponentes, mas também quem ganhava mais pontos. Mesmo na zona intermediária do placar no que diz respeito aos dois primeiros critérios, quando veio a questão dos pontos, fui parar lá no fundo! Triste fim.

A partida foi bem equilibrada e o mapa selecionado para a demo foi uma escolha acertada. O uso de habilidades secundárias estava lá e também trouxe valor para a experiência.

Resumo da ópera

Agressivo para iniciantes, Battlefront 2 premia os jogadores mais experientes com os mapas, que são grandes e cheios de detalhes. A jogabilidade parece bem natural, exceto pelo comando de aeronaves: para quem jogou a série Rogue Squadron, vai ser difícil se acostumar com os movimentos e curvas. Sim, Battlefront 2 é mais um Battlefield com os personagens de George Lucas no lugar.

O visual é bem realista, dado o poder do motor Frostbite. A trilha orquestrada é exatamente o que se espera de um jogo de Star Wars. A impressão que temos é que o game realmente traz muito conteúdo, com altíssimo fator replay. A notícia de que os DLCs serão gratuitos deixa ainda mais interessante o custo benefício. Resta saber se você está pronto para a curva de aprendizado que o título exige, pois este não é um Titanfall: é uma experiência puramente hardcore.


Star Wars Battlefront 2 chega ao Windows (via Origin), PS4 e Xbox One na primavera brasileira (entre setembro e novembro) de 2017. Siga acompanhando a EA Play 2017 e a E3 2017 aqui no BitBlog, direto de Los Angeles, para mais novidades!

Expansão de Battlefield 1 chega em março

Os fãs de Battlefield 1 estão empolgados com o trailer de They Shall Not Pass, a primeira expansão do game. A DICE e a EA vão inserir os franceses na Primeira Guerra Mundial e quem adquiriu o premium pass vai conferir as novidades com duas semanas de antecedência. E o que tem de novo com a expansão? Quatro mapas, duas operações e o modo Frontlines, uma mistura de Conquest com Rush.

A expansão They Shall Not Pass chega no dia 14 de março para quem é premium e os demais poderão comprá-la a partir de 28 de março. Outras três expansões estão previstas para Battlefield 1 e irão trazer adições interessantes, como mapas da Bélgica, Rússia e Turquia. O game é para Playstation 4, Xbox One e Windows.

Battlefield 1 – Expansão They Shall Not Pass

Battlefield 1 – Modo Frontlines

Titanfall 2: teste o jogo antes do lançamento

Depois de anunciar o open beta de Battlefield 1, a EA anunciou que o público poderá, enfim, curtir Titanfall 2 antes do lançamento oficial. Após o teste que fizemos do game em junho, não poderíamos recomendar mais! Vale a pena, é um dos títulos mais esperados deste ano.

A EA, junto ao estúdio Respawn, promete liberar uma versão com multiplayer online em dois finais de semana de agosto. Em cada um deles, os recursos disponíveis serão diferentes. Veja abaixo a agenda planejada, lembrando que esta demonstração estará presente apenas no PS4 e Xbox One, com as instruções no site oficial.

19 e 20 de agosto

  • 2 modos
    • Bounty Hunt (5 vs 5): ganhe bônus eliminando inimigos, mas não esqueça de depositá-los no “banco” sem morrer antes.
    • Pilots vs Pilots (8 vs 8): apenas com Pilots lutando entre si, tente ser o melhor.
  • 2 estágios
    • Boomtown: em um complexo embaixo da terra, guardado a sete chaves, use os telhados para se proteger dos disparos. Os gigantescos e lentos Titans ficam em desvantagem aqui.
    • Homestead: pedras e árvores ajudam a proteger Pilots dos Titans, além das cavernas e prédios espalhados pelo mapa.

26 e 27 de agosto

  • 1 modo
    • Amped Hardpoint (6 vs 6): defenda um Hardpoint para dobrar a pontuação do seu time.
  • 1 estágio
    • Forward Base Kodai: em uma subestação dominada por forças militares, Titans podem ter uma visão geral do mapa se estiverem no telhado.

Independentemente do final de semana, dois novos Titans estarão disponíveis: Ion e Scorch. Espere ainda uma variada quantidade de armas e o novo recurso Networks, que promete facilitar partidas entre amigos.

Battlefield 1 vai receber open beta em 31 de agosto

Ansioso(a) por Battlefield 1? A EA anunciou que vai abrir um período para os jogadores curtirem, gratuitamente, uma versão prévia do game – o chamado “open beta“. Nós jogamos o game na EA Play (Los Angeles) e achamos “regular”, mas agora você terá a chance de avaliar por conta própria.

O open beta começa no dia 31 de agosto e vai trazer o Sinai Desert em dois modos: Conquest e Rush. Será possível jogar em times de 32 x 32 pessoas, com direito a cavalgar pelo cenário. Três Elite Classes estarão disponíveis: Sentry, Flame Trooper e Tank Hunter.

Para jogar, é preciso se cadastrar no Battlefield Insider até 21 de agosto e escolher a sua plataforma: PS4, Xbox One ou PC/Origin. O jogo final chega em 21 de outubro, inclusive no Brasil. Abaixo, confira o mais recente trailer do game, divulgado na feira Gamescom.

Jogamos: Battlefield 1 é ambicioso, mais do que deveria

Depois da conferência da EA (que o BitBlog transmitiu), era impossível não criar grandes expectativas para jogar Battlefield 1. Combates aéreos, clima mudando aleatoriamente (e afetando o gameplay), um visual deslumbrante e as partidas de até 64 jogadores de sempre. As filas para experimentar o novo game da DICE eram as maiores no EA Play de Los Angeles, sendo preciso ter paciência para aguardar a sua vez. No entanto, o que vimos não foi nada tão revolucionário assim. É mais um título hardcore, e que ainda pode sofrer do mesmo mal de Watch Dogs anos atrás: o hype exagerado.

Antes de começar a brincadeira de fato, o pessoal da EA exibiu um vídeo com algumas instruções e uma visão geral de Battlefield 1. Era impossível não se empolgar. Os combates aéreos, as estratégias e as classes empolgaram bastante. A empresa não nos permitiu filmar nada lá dentro da arena. Ao chegar, 64 PCs (cada um com mouse/teclado e controle do Xbox One, dando liberdade ao público). Rapidamente começou a partida. Em cerca de 15 minutos, ficou bem claro que o game é hardcore mesmo, sendo preciso muita prática para não “apanhar”. Ainda não era possível experimentar o combate aéreo, apenas terrestre. O modo em questão consistia na conquista de bandeiras (seis) em um grande mapa.

Battlefield 1 - gameplayO velho modo de captura de bandeira está de volta

Diferentemente de Titanfall 2, Battlefield 1 não funciona tão bem no joystick. Lento e travado, a impressão é que você está sob alguma desvantagem. A experiência não era nem de perto fluida como no jogo da Respawn, talvez porque a DICE optou por cenários gigantescos e ambiciosos. E é este o possível  pecado do novo Battlefield: ser ambicioso demais. Até aqui, o que vimos foi algo regular. Nem mesmo o clima dinâmico, anunciado com festa pela EA, foi o suficiente para termos algo novo. Resta aguardar o jogo final para sabermos se essas conclusões vão se manter.


Leia mais:
Jogamos: Titanfall 2 surpreende pela diversão
BitBlog mostra bastidores da EA Play em vídeo

Battlefield 1 vai se passar na Primeira Guerra Mundial e chega em outubro

Após uma série de rumores, finalmente surgem novidades sobre o Battlefield 1. O novo título da franquia vai se passar na Primeira Guerra Mundial e será lançado para Xbox One, PlayStation 4 e PC em 21 de outubro. O estúdio Dice, responsável pelo desenvolvimento, revelou que um beta será aberto ainda neste ano. Durante a EA Play, que acontece em paralelo à E3, em junho, o game poderá ser jogado pela primeira vez. A novidade chegou a despontar nos trending topics do Twitter na noite desta sexta-feira (06). Confira, abaixo, o novo trailer:

REPERCUSSÃO