GDC

PlayStation VR custará US$ 400 e terá Star Wars

A realidade virtual está chegando (embora nem todo mundo esteja preparado). Além do Oculus Rift, que chega em maio por US$ 600, o outro grande competidor neste mercado é o PlayStation VR. O dispositivo – que será lançado na América do Norte, Europa e Japão em outubro deste ano – requer um PS4 para funcionar e tem suporte ao DualShock 4 e ao PS Move.

A Sony anunciou mais detalhes sobre o seu acessório na feira GDC 2016. O preço, como já se imaginava, será salgado. O pacote “básico”, que inclui apenas o próprio PSVR, custará US$ 400. Outra opção, ainda sem preço anunciado, incluirá a PS Camera e um controle PS Move. Curioso, já que o acessório de realidade virtual requer a PS Camera para funcionar e poucas pessoas possuem a mesma atualmente.

PlayStation VR - o dispositivoO PlayStation VR é mais barato, porém, menos “desengonçado” que o Oculus Rift

A lista de games com suporte ao dispositivo é forte. Edições de Star Wars: Battlefront, Until Dawn e DriveClub foram confirmadas, além do aguardado Tekken 7. Além disso, a Sony promete compatibilidade parcial com filmes e jogos já lançados para o PS4, através do novíssimo modo Cinemático. Como será? Vamos aguardar para descobrir.

Conheça os jogos indicados à premiação da GDC

Em março, acontecerá a 16ª Game Developers Choice, que premia os melhores games do ano em diversas categorias. A cerimônia é parte da programação da Game Developers Conference (GDC), um dos maiores eventos de jogos do mundo.

Foram anunciados os indicados. Mais uma vez, The Witcher 3: Wild Hunt (foto) e Fallout 4 estão entre os destaques. Os nomes não são muito diferentes dos premiados na The Game Awards.

Game do ano

  • Fallout 4 (Bethesda)
  • The Witcher 3 (CD Projekt)
  • Metal Gear Solid V (Kojima Productions / Konami)
  • Bloodborne (From Software / Sony Computer Entertainment)
  • Rocket League (Psyonix)

Menções honrosas: Her Story (Sam Barlow), Super Mario Maker (Nintendo), Undertale (Toby Fox), Splatoon (Nintendo), Life is Strange (Dontnod Entertainment / Square Enix)

Prêmio de inovação

  • Her Story (Sam Barlow)
  • Super Mario Maker (Nintendo)
  • Undertale (Toby Fox)
  • Splatoon (Nintendo)
  • The Beginner’s Guide (Everything Unlimited Ltd.)

Menções honrosas: Rocket League (Psyonix), Keep Talking and Nobody Explodes (Steel Crate Games), Cibele (Star Maid Games), Life is Strange (Dontnod Entertainment / Square Enix), Metal Gear Solid V (Kojima Productions / Konami)

Melhor Estúdio Estreante

  • Studio Wildcard (ARK: Survival Evolved)
  • Toby Fox (Undertale)
  • Moon Studios (Ori and the Blind Forest)
  • Moppin (Downwell)
  • Steel Crate Games (Keep Talking and Nobody Explodes)

Menções honrosas: Asteroid Base (Lovers in a Dangerous Spacetime), Question (The Magic Circle), Thomas Happ (Axiom Verge), Dinosaur Polo Club (Mini Metro), MidBoss (Read Only Memories)

Melhor Design

  • Rocket League (Psyonix)
  • Metal Gear Solid V (Kojima Productions / Konami)
  • Bloodborne (From Software / Sony Computer Entertainment)
  • Fallout 4 (Bethesda)
  • Splatoon (Nintendo)

Menções honrosas: Her Story (Sam Barlow), Super Mario Maker (Nintendo), Undertale (Toby Fox), The Witcher 3 (CD Projekt RED / CD Projekt), Ori and the Blind Forest (Moon Studios / Microsoft Studios)

Melhor Jogo Portátil

  • Lara Croft: GO (Square Enix)
  • Fallout Shelter (Bethesda)
  • Downwell (Moppin / Devolver Digital)
  • Her Story (Sam Barlow)
  • AlphaBear (Spry Fox)

Menções honrosas: Prune (Joel McDonald), The Room Three (Fireproof Games), Subterfuge (Ron Carmel and Noel Llopis), Pac-Man 256 (Hipster Whale and 3 Sprockets / Bandai Namco), Sage Solitaire (Zach Gage), SteamWorld Heist (Image and Form), You Must Build a Boat (EightyEight Games)

Melhor Arte Visual

  • Ori and the Blind Forest (Moon Studios / Microsoft Studios)
  • The Witcher 3 (CD Projekt)
  • Star Wars Battlefront (DICE / Electronic Arts)
  • Bloodborne (FromSoftware / Sony Computer Entertainment)
  • Splatoon (Nintendo)

Menções honrosas: Metal Gear Solid V (Kojima Productions / Konami), Rise of the Tomb Raider (Crystal Dynamics / Square Enix), Batman: Arkham Knight (Rocksteady Studios / Warner Bros. Interactive Entertainment), The Order: 1886 (Ready at Dawn / Sony Computer Entertainment), Everybody’s Gone to the Rapture (The Chinese Room / Sony Computer Entertainment), Fallout 4 (Bethesda)

Melhor Narrativa

  • Her Story (Sam Barlow)
  • The Witcher 3 (CD Projekt RED / CD Projekt)
  • Life is Strange (Dontnod Entertainment / Square Enix)
  • Undertale (Toby Fox)
  • The Beginner’s Guide (Everything Unlimited Ltd.)

Menções honrosas: Everybody’s Gone to the Rapture (The Chinese Room / Sony Computer Entertainment), Fallout 4 (Bethesda), Until Dawn (Supermassive Games / Sony Computer Entertainment), Cibele (Star Maid Games), Soma (Frictional Games)

Melhor Áudio

  • Star Wars Battlefront (DICE / Electronic Arts)
  • Ori and the Blind Forest (Moon Studios / Microsoft Studios)
  • Everybody’s Gone to the Rapture (The Chinese Room / Sony Computer Entertainment)
  • Metal Gear Solid V (Kojima Productions / Konami)
  • Crypt of the NecroDancer (Brace Yourself Games)

Menções honrosas: Fallout 4 (Bethesda), The Witcher 3 (CD Projekt), Life is Strange (Dontnod Entertainment / Square Enix), SOMA (Frictional Games), Bloodborne (From Software / Sony Computer Entertainment), Splatoon (Nintendo)

Melhor Tecnologia

  • Metal Gear Solid V (Kojima Productions / Konami)
  • The Witcher 3 (CD Projekt)
  • Star Wars Battlefront (DICE / Electronic Arts)
  • Fallout 4 (Bethesda)
  • Just Cause 3 (Avalanche Studios / Square Enix)

Menções honrosas: Rise of the Tomb Raider (Crystal Dynamics / Square Enix), Batman: Arkham Knight (Rocksteady Studios / Warner Bros. Interactive Entertainment), Splatoon (Nintendo), Super Mario Maker (Nintendo), Halo 5: Guardians (343 Industries / Microsoft Studios)

Veja Satoru Iwata, ex-presidente da Nintendo, na GDC 2005

Em homenagem a Satoru Iwata, ex-presidente da Nintendo falecido no último sábado, o canal oficial do evento Game Developers Conference (GDC) disponibilizou a apresentação do executivo em seu evento de 2005. Foi lá onde Iwata disse as suas famosas palavras: “no meu cartão de trabalho, eu sou presidente corporativo. Na minha cabeça, eu sou um desenvolvedor de jogos. Mas, no meu coração, eu sou um gamer”.

Em sua conferência, o ex-presidente da Nintendo falou sobre como começou sua carreira, de uma forma bastante bem-humorada. Além disso, ele falou sobre Game Design e elementos que, em sua visão, são essenciais para um jogo.

Acompanhe (em inglês):