Horizon

PlayStation na E3 2017: veja todos os anúncios da conferência

Em 2016, testemunhamos a loucura coletiva que foi ver Hideo Kojima no palco, anunciando Death Stranding. Foi tanta coisa boa que corremos na feira para jogar os principais destaques: Horizon Zero Dawn, Gran Turismo Sport (não teve post!), os não exclusivos Final Fantasy XV e Resident Evil VII, além de algumas surpresas do PS VR (Thumper, Batman Arkham VR, Wayward Sky, Psychounauts, Until Dawn: Rush of Blood e RIGS).

Para 2017, será que a Sony iria ganhar a E3 de novo? É possível ter um evento pré-E3 tão bom quanto o do ano passado? O gostinho que ficou foi: “temos bastantes games”. Mais uma vez, o BitBlog foi a Los Angeles participar da conferência do PlayStation e, por isso, temos aqui tudo que rolou.


Filas e filas no The Shrine Auditorium & Expo Hall. Várias demos foram expostas antes da conferência, em meio a comes e bebes. Entre títulos já lançados e alguns ainda não disponíveis, não tínhamos muita noção ainda das surpresas da Sony.

Por volta das 22h (horário de Brasília), corremos pra assegurar o nosso lugar. O evento começou com Uncharted: Lost Legacy, que chega em 23 de agosto ao PS4.

A platéia começou a ser surpreendida quando uma expansão de Horizon Zero Dawn, The Frozen Wilds, foi anunciada, com direito a trailer no telão. Dessa vez, as aventuras serão em terras bem geladas.

Um adulto correndo de bandidos e zumbis, com direito a muita ação, até resgatar o seu amigo. Foi com cenas de gameplay que finalmente pudemos conhecer mais de Days Gone, anunciado na E3 anterior!

Quando o nome “Capcom” apareceu no início do teaser seguinte, com um dragão gigante em seguida, perseguindo um guerreiro, pensamos: tá com cara de Monster Hunter. Dito e feito. Com visual caprichado, Monster Hunter World é o retorno da série a plataformas PlayStation.

Shadow of the Colossus ganhando remake no PS4? Sim, você não leu errado. O clássico de PS2 passou por uma grande evolução visual, com direito a gráficos mais realistas.

Com direito a explosões e muitos efeitos especiais no palco – praticamente matando alguns jornalistas do coração – Call of Duty World War II foi o destaque seguinte. Cenas ultra caprichadas de gameplay no PS4 Pro demonstraram o potencial do novo jogo, com lançamento em 3 de novembro. Destiny 2 surge, em meio ao anúncio de conteúdo exclusivo do PlayStation até meados de 2018. Marvel vs Capcom Infinite ganha trailer que arranca aplausos do público ao mostrar Mega Man e Dante.

O PlayStation VR é incrível (já tínhamos concluído isso na cobertura do ano anterior). E, para reforçar a biblioteca de quem adquiriu o caro acessório, uma enxurrada de títulos: Skyrim VR, o inédito Bravo Team, o misterioso Star Child, o prequel de Until Dawn chamado The Inpatient, o ratinho carismático de Moss e um título de pesca baseado em Final Fantasy XV (estou ainda sem comentários sobre isso).

O novo God of War teve trailer caprichado, mostrando a mudança profunda na câmera e jogabilidade em relação aos games do PS2 e PS3.

Detroit: Become Human pareceu incrível. A cada situação ou diálogo, é possível escolher sua próxima ação e, com isso, mudar todo o destino do jogo. Marcus, o protagonista, lidera um esquadrão de colegas na luta contra invasores.

Para encerrar, o caprichado Spiderman da Insomniac. Voar com o herói pelas cidades nunca foi tão divertido e, com o poder do PS4, os combates nunca foram tão espetaculares. Parece filme de primeira linha.

Horizon Zero Dawn é lançado nesta quarta-feira

Um dos grandes candidatos ao melhor jogo de Playstation 4 do ano, Horizon Zero Dawn foi lançado nesta quarta-feira (01). Exclusivo da Sony, ele já havia levado o título de melhor jogo original pela premiação Game Critics Awards, que sempre é realizada depois da E3. A propósito, o BitBlog cobriu o evento em 2016 e escreveu sobre Horizon Zero Dawn.

Desenvolvido pela Guerrilla Games, a mesma desenvolvedora por trás da franquia Killzone, o jogo se passa em um futuro pós-apocalíptico e se encaixa no gênero RPG de mundo aberto. O jogador controla Aloy, uma caçadora que usa suas habilidades para sobreviver, proteger sua tribo e lutar contra robôs gigantes.

Em uma entrevista a um jornal holandês, executivos da Guerrilla Games revelaram que Horizon Zero Dawn havia sido concebido há seis anos e teve um custo estimado de 45 milhões de euros. Apenas do time da Guerrilla Games foram 250 pessoas trabalhando no projeto durante as etapas mais intensas do desenvolvimento.

Uma curiosidade é que um estúdio brasileiro do Recife, a Kokku, produziu conteúdo em 3D para a criadora de Killzone. Thiago di Freitas, diretor executivo do estúdio, disse à IGN Brasil que foram mais de 60 mil horas de trabalho em uma equipe com mais de 20 pessoas. Elas criaram diversos robôs e todas as montarias de Horizon Zero Dawn, além de terem dado uma grande contribuição à batalha final.

PS4 Pro é anunciado no PlayStation Meeting

Diretamente de Nova Iorque, a Sony anunciou nesta quarta-feira o PlayStation 4 Slim (o segredo mais mal guardado do ano) e o novíssimo PS4 Pro. Acompanhe abaixo o que rolou no evento PlayStation Meeting desta quarta-feira.

Primeiramente, muito prazer, PS4 Slim

PS4 Slim em pé, ao lado da sua embalagem

Olá, Slim

Já tínhamos abordado aqui no BitBlog: o modelo Slim do PlayStation 4 é um dos segredos mais mal guardados da história dos videogames. Há alguns dias, imagens e vídeos de unboxing do dispositivo vazaram na internet. A Sony esperou até o último instante para falar dele. Por isso, não nos surpreendeu a notícia. O Slim vai substituir o modelo atual, custando US$ 299 na América do Norte e com lançamento em 15 de setembro.

Se você possui o PS4 original, que já teve sua produção descontinuada, não se preocupe: trata-se apenas de uma “plástica”, ou um facelift – como a indústria gosta de chamar estes relançamentos. Além disso, a empresa japonesa anunciou que uma atualização de firmware vai trazer o recurso HDR a todos os 40 milhões de PlayStation 4 já vendidos em todo o mundo. Não ficará tão bom quanto no Pro, mas foi uma decisão acertada de Andrew House e seu time.

PS4 Pro: o novo queridinho da Sony

PS4 Pro em pé

Olá, Pro

O que a internet realmente queria ver no evento era o chamado PS4 Neo. Pedidos atendidos: a Sony revelou a evolução do PlayStation 4, que se chamará Pro. Quem achava que ia demorar pra vê-lo se surpreendeu: o PS4 Pro será lançado em 10 de novembro deste ano na América do Norte, custando US$ 399. Contando com suporte nativo a 4K e HDR, o console terá poder de processamento elevado: o poder da GPU foi dobrado e o clock rate aperfeiçoado. Com isso, até quem não possui TVs 4K poderá notar a diferença no desempenho dos games otimizados para o dispositivo.

A Sony anunciou que mais da metade dos seus títulos já lançados, até aqui, para o PlayStation 4 receberão atualizações para ficarem mais “bonitos” e leves no Pro, que vai compartilhar o mesmo catálogo de jogos do modelo tradicional. É uma evolução: compra quem quiser uma experiência mais avançada. Ao mesmo tempo, um possível “PS5” fica mais longe com este anúncio.

A indústria e o PS4 Pro

Cenário e protagonista de Horizon Zero Dawn

Da talentosa Guerilla Games, Horizon chega já em fevereiro de 2017

Imagens de futuros lançamentos exclusivos (Spiderman, Days Gone e Horizon: Zero Dawn) demonstraram a evolução visual do Pro. Além disso, os já lançados InFamous: First Light, Shadows of Mordor, Deus Ex: Mankind Divided, Call of Duty: Black Ops 3 e Paragon estão entre os games que receberão atualização para funcionarem melhor no novo modelo.

Executivos da Activision e EA Games revelaram no palco que as suas próximas novidades (Call of Duty: Infinite Warfare, Call of Duty: Modern Warfare Remastered, Fifa 17, Battlefield 1 e Mass Effect Andromeda) também estarão otimizados, já no dia de lançamento, para o Pro. A Ubisoft marcará presença da mesma forma com versões melhoradas de Watch Dogs 2 e For Honor. Pelo jeito, a indústria parece estar abraçando a nova criação da Sony, que chega ao mercado quase 1 ano antes do seu principal concorrente, o Xbox One Scorpio.

Zelda: Breath of the Wild é eleito melhor jogo da E3 2016

A E3 2016 foi épica! A edição deste ano da maior feira de videogames aconteceu em junho. O BitBlog esteve presente e trouxe tudo, tudo, tudo (ou quase) o que aconteceu por lá (confira na tag BitBlogNaE3), direto de Los Angeles. E, para virar a página, só faltava a tradicional lista de melhores jogos do evento, feita anualmente pelo Game Critics Awards, que envolve os votos da imprensa.

Mesmo enfrentando uma concorrência forte de Horizon: Zero Dawn e do novo God of War, o destaque ficou mesmo com The Legend of Zelda: Breath of the Wild, para Wii U (com versão para o NX a caminho). Veja abaixo a lista completa, com nossa opinião para cada categoria. Afinal, jogamos muita coisa no evento!


Melhor jogo do evento

The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Wii U, NX)
Desenvolvedora: Nintendo
Leia aqui nossas impressões

Zelda - Breath of the Wild

Opinião BitBlog: Como não concordar? Ao entrar no pavilhão do LA Convention Center, o imponente estande que a Nintendo montou já chamava atenção. As filas para jogar o título davam voltas e voltas no entorno. Tudo isso para conferir a nova aventura de Link, que incorpora mecânicas clássicas da série com a modernidade de Dragon Age e similares. O time de Shigeru Miyamoto realmente saiu da zona de conforto para atualizar a franquia – e conseguiu. Mal podemos esperar por março de 2017! Que venha The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Melhor nova série

Horizon Zero Dawn (PS4)
Desenvolvedora: Guerrilla Games
Leia aqui nossas impressões

horizon-zero-dawn-screen-02-ps4-us-13jun16

Opinião BitBlog: Ao colocar as mãos no joystick do PS4 para curtir a aposta da Sony para este ano, pude perceber: o hype faz todo o sentido. O universo de Horizon é imenso, detalhado e único. Em nossa opinião, a briga com For Honor (veja aqui nossas impressões), da Ubisoft, foi boa nesta categoria. Mas no final, concordamos. Horizon: Zero Dawn merece o prêmio.

Melhor jogo de console

The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Wii U, NX)
Desenvolvedora: Nintendo
Leia aqui nossas impressões

Opinião BitBlog: Não tem nem o que falar. Essa categoria é mesmo de The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Melhor jogo de realidade virtual

Batman: Arkham VR (PS4)
Desenvolvedora: Rocksteady
Leia aqui nossas impressões
(Não fomos autorizados a divulgar imagens do título)

Opinião BitBlog: Ao aguardar na fila para curtir a demonstração, conversamos rapidamente com o pessoal da Rocksteady. Eles afirmaram que, toda vez que terminam de desenvolver um game do herói-morcego, dizem que foi o último. Mas aí surge uma oportunidade imperdível e eles voltam atrás. Após jogar a demonstração completa de Arkham VR, fica evidente o motivo: trazer Batman para a realidade virtual foi uma bela sacada. Sem a ação dos projetos anteriores, aqui o foco é a investigação. A propósito, a imersão é excelente. Gostamos muito de Arkham VR, mas, nesta disputadíssima categoria – em nossa opinião – o prêmio deveria ir para Thumper (PS4, Oculus Rift, Vive, veja aqui nossas impressões) – uma experiência que conseguiu ser ainda mais imersiva do que a nova aventura do morcego.

Melhor jogo de PC

Civilization VI (Windows, Mac OS X, Linux)
Desenvolvedora: Firaxis

Opinião BitBlog: Não jogamos o novo Civilization, apenas vimos o gameplay. O que a imprensa tem elogiado tanto é que, mesmo mantendo a essência clássica da franquia, o estúdio Firaxis conseguiu introduzir várias mecânicas novas. Até a inteligência artificial foi retrabalhada completamente.

Melhor hardware

PlayStation VR (PS4)
Fabricante: Sony Interactive Entertainment
Leia aqui tudo que jogamos no PS VR

PlayStation VR - o dispositivo

Opinião BitBlog: Não podíamos concordar mais! O PlayStation VR dominou o show. Mesmo em experiências frenéticas que causaram enjoo (Rigs e Eagle Flight, por exemplo), temos que reconhecer o enorme potencial do acessório em aventuras on-rails (como no assustador Until Dawn: Rush of Blood, Wayward Sky, Thumper e Batman: Arkham VR). Depois da E3 2016, finalmente acreditamos no potencial da realidade virtual nos videogames.

Melhor jogo de ação

Battlefield 1 (PS4, Xbox One, PC)
Desenvolvedora: DICE
Leia aqui nossas impressões

Battlefield 1 - gameplay

Opinião BitBlog: Conforme colocamos em nossa prévia, Battlefield 1 é bem ambicioso. Embora o hype seja enorme, não vimos nada extraordinário no game, que segue fielmente a fórmula da série. Em nossa opinião, seria mais justo o prêmio ir para o incrível Titanfall 2 (veja aqui nossas impressões), o destaque da EA neste ano. Em segundo lugar, ficaria Dead Rising 4 (veja aqui nossas impressões), um dos momentos mais divertidos que tivemos no evento!

Melhor jogo de console

The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Wii U, NX)
Desenvolvedora: Nintendo
Leia aqui nossas impressões

Opinião BitBlog: Não tem nem o que falar. Essa categoria (também) é mesmo de The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Melhor RPG

Final Fantasy XV (PS4, Xbox One)
Desenvolvedora: Square Enix
Leia aqui nossas impressões

Final Fantasy XV - E3 2016 - 2

Opinião BitBlog: O sistema de combate mudou completamente. Embora isso tenha afastado alguns fãs de longa data, convidamos estes a testarem o próximo FF, assim que estiver disponível. A Square Enix realmente está se esforçando para inovar. XV consegue ser frenético como nenhum outro Final Fantasy, ao mesmo tempo em que traz elementos clássicos. O prêmio é justo, Final Fantasy XV foi o melhor RPG da EE 2016.

Melhor jogo de corrida

Forza Horizon 3 (Xbox One, PC)
Desenvolvedora: Playground Games, Turn 10

Opinião BitBlog: Mais uma disputa grande. Embora Horizon 3 agrade bem os fãs, por uma pequena diferença, acreditamos que o prêmio poderia ir para Gran Turismo Sport. A imersão no último foi maior, então, vamos usar isto como critério de desempate. Na correria da E3, terminamos sem escrever prévias para eles, mas fica aqui a nossa recomendação para o título do PS4.

Melhor jogo de luta

Injustice 2 (PS4, Xbox One)
Desenvolvedora: Netherrealm

Opinião BitBlog: Sim, o prêmio é de Injustice 2, por dois motivos: além de ser divertido, não houve concorrência na feira.

Melhor jogo de esportes

Steep (PS4, Xbox One, PC)
Desenvolvedora: Ubisoft Annecy
Leia aqui nossas impressões

Steep - gameplay

Opinião BitBlog: Jogamos Steep. A iniciativa da Ubisoft de inovar no gênero é louvável. Alguns bugs foram encontrados na demonstração, mas nada que prejudique a experiência. Se a categoria se limitasse a futebol, certamente indicaríamos Pro Evolution Soccer 2017 (veja aqui nossas impressões e uma entrevista exclusiva). Como não é caso, assinamos embaixo: parabéns, Steep!

Melhor jogo para a família

Skylanders: Imaginators (PS4, Xbox One, Wii U, PC, PS3, Xbox 360)
Desenvolvedora: Toys for Bob

Opinião BitBlog: Não há concorrência, portanto, assinamos embaixo, é Skylanders: Imaginators mesmo. Quem poderia ameaçar o posto seria Sea of Thieves (veja aqui nossas impressões), mas este último pecou pela ausência de modo cooperativo local e pela mecânica repetitiva.

Melhor multiplayer online

Titanfall 2 (PS4, Xbox One, PC)
Desenvolvedora: Respawn
Leia aqui nossas impressões

Titanfall 2

Opinião BitBlog: Claro que é Titanfall 2. Além de ser a chegada da série ao PS4, o título consegue melhorar o que já era bom no anterior. Graças à liberdade de jogar em um gigante Titan ou não, aos cenários relativamente pequenos (perfeitos para o combate) e ao mais importante: agilidade.

Melhor jogo independente

Inside (Xbox One, PC)
Desenvolvedora: Playdead

Opinião BitBlog: Não jogamos Inside. Subestimamos a atmosfera envolvente do indie, que já está há seis anos em desenvolvimento. Ao mesmo tempo que amamos We Happy Few (veja aqui nossas impressões), gostaríamos de experimentar Inside para tirarmos uma conclusão. Portanto, nesta categoria, vamos ficar devendo.

Menção honrosa para gráficos

God of War (PS4)
Desenvolvedora: Sony Santa Monica

Opinião BitBlog: O novo God of War não estava jogável, mas merece o prêmio. Através do gameplay exibido na feira, ficou evidente que ele merece!

PlayStation na E3: o que rolou na pré-conferência

Depois de um evento arrasador em 2015, a Sony e o seu PlayStation 4 repetiram a dose na pré-conferência da E3 2016. O BitBlog cobriu tudo da direto do The Shrine Auditorium, em Los Angeles. Abaixo, veja tudo o que aconteceu. Durante a semana, teremos posts com a nossa impressão dos futuros lançamentos, já que estamos na E3 e vamos visitar os estandes!

  • Tudo começou com um vídeo de um novo God of War. Super realista e sem data de lançamento ainda, o público gostou muito do que viu.

  • The Last Guardian já tem data: 28 de outubro!

  • Horizon: Zero Dawn, com um novo trailer impressionante, também recebeu sua data: 28 de fevereiro de 2017. A Guerilla tá mostrando que sabe fazer mais do que apenas Killzone.

  • Mais um realista. Detroit: Become Human também ganha novo trailer.

  • PlayStation VR chega em 13 de outubro, custando 400 dólares. 50 jogos compatíveis serão disponibilizados até o fim do ano.
  • Por essa ninguém esperava: Resident Evil 7 surge no telão, arrancando sustos de jornalistas presentes. Com suporte ao PlayStation VR, estará nas lojas em 24 de janeiro. A surpresa foi ainda maior quando foi anunciado que uma demo do game já está disponível hoje para assinantes da PS Plus.

  • Por falar em PS VR, mais três jogos compatíveis: Star Wars Battlefront – X-Wing VR Mission, o futurista Farpoint e Batman Arkham VR (este último agendado para outubro). Final Fantasy XV terá uma “extensão”, em primeira pessoa, também compatível com VR: o FFXV VR Experience.
  • Call of Duty: Infinite Warfare ganha novas cenas de gameplay no telão. Estará disponível em 4 de novembro, sendo que o bônus da edição especial, o remaster de Modern Warfare, chega ao PS4 um mês antes.
  • Além da presença de Crash Bandicoot no Skylanders: Imaginators, receberemos remasters do Crash 1, 2 e Warped! Tudo isso apenas no PS4.
  • Uma demo de Lego Star Wars: The Force Awakens já está disponível no PS4, duas semanas antes do título final.
  • Andrew House, da divisão PlayStation, recebe Hideo Kojima no palco, para apresentar o trailer de seu novo trabalho, Death Stranding.

  • Um novo Spiderman, exclusivo para PS4 e desenvolvido pela Insomniac Games (de Ratchet & Clank) é anunciado para 2017.
  • Days Gone tem cenas de gameplay apresentadas pela primeira vez. É muito sangue e apocalipse zumbi!

  • Para finalizar, é exibido um trailer com cenas de Yooka-Laylee, Persona 5 e outros títulos.