Konami

Maradona se irrita com Konami por conta de Pro Evolution Soccer

O ex-jogador de futebol argentino Diego Maradona está irritado com a Konami por conta de Pro Evolution Soccer 2017. Na última quinta-feira (30), ele usou sua página oficial no Facebook para mandar um recado para a empresa japonesa que tem longa tradição na indústria dos jogos eletrônicos. Traduzindo para o português, eis o que o hermano falou:

“Ontem eu soube que a empresa japonesa Konami usa minha imagem no seu jogo PES 2017. Infelizmente, meu advogado Matias Morla irá tomar as devidas providências legais. Espero que isto não seja um outro scam”.

Scam não tem uma tradução literal em português, mas possui o sentido de golpe, enganação, truque, trambique, trapaça… Ou seja, o atleta pegou pesado por conta dos seus direitos de imagem.

De acordo com o Kotaku, o que deixou Maradona furioso foi a sua inclusão na categoria “Legends” do Pro Evolution Soccer 2017. Trata-se de uma seleção com vários jogadores “lendários”, que se destacaram na história do futebol por suas habilidades notáveis. Maradona é inclusive o melhor jogador do game e recebe a nota 97. Na sequência, vem Messi com 94 e Ronaldo Fenômeno com 92.

Mas o pódio não foi o bastante para amansar o argentino. Na mensagem postada no Facebook, ele dá a entender que não autorizou a Konami a fazer uso da sua imagem e vai processá-la por isso. Um detalhe curioso é que a Konami normalmente modifica nomes de times e atletas para evitar esse tipo de problema quando não possui os direitos de imagem.

PES 2017 está disponível para PlayStation 4, Xbox One, Xbox 360, PlayStation 3 e PC. O game foi lançado em setembro de 2016. Meses antes, a Konami anunciou uma parceria de três anos com o Barcelona, garantindo a exclusividade do estádio Camp Nou para PES.

 

Yu-Gi-Oh! Legacy of the Duelist estreia bem no Steam

Um ano após chegar ao PS4 e Xbox One, finalmente Yu-Gi-Oh! Legacy of the Duelist ganhou versão para Windows. O game, que custa convidativos R$ 40, foi lançado no início de dezembro no Steam e segue entre os dez mais vendidos. Não poderia ser diferente: o fator nostalgia grita a todo momento, seja na campanha solo ou nas partidas online. Contando com personagens das cinco gerações do anime, o jogo parece ser o que os fãs mais pediam.

É importante apontar que Legacy of the Duelist tem um visual muito duvidoso, assim como a sua trilha sonora. A Konami parece ter preferido focar no conteúdo (com mais de 6 mil de cartas, por exemplo, além das modalidades de jogo e fator replay) ao invés de caprichar na apresentação. Os DLCs – R$ 10 cada – parecem ter preços exagerados, mas no final das contas é o conjunto da obra que fala mais alto. Veja abaixo um trailer do título.

PES 2017 ganha edição gratuita para Windows e consoles

A Konami revelou Pro Evolution Soccer 2017 – Trial Edition. Sem limites de uso, é possível jogar o modo PES League (além de outras duas modalidades), com direito a nove times (incluindo o Corinthians e o Flamengo) e dois estádios (Camp Nou e o fictício Neu Sonne Arena). Esta versão de PES 2017 já está disponível para Windows, Xbox One, PS4, Xbox 360 e PS3.

Quem tiver a Trial Edition poderá, inclusive, participar do campeonato oficial PES League. As partidas de qualificação começam em dezembro e as finais acontecem em junho de 2017.

Campeonato Brasileiro confirmado no PES 2017

A Konami e a CBF revelaram, nesta segunda-feira (29), que todos os 20 clubes da série A do Campeonato Brasileiro de Futebol estarão no devidamente licenciados em PES 2017. Ou seja, adeus aos nomes genéricos. O novo game da franquia chega ao Brasil no dia 13 de setembro para PS4, Xbox One, Windows, PS3 e Xbox 360. Pernambuco será representado pelo Sport e Santa Cruz.

Milton Leite foi anunciado como o narrador do game, substituindo Silvio Luiz – algo que já tinha ficado nas entrelinhas durante a entrevista exclusiva da Konami ao BitBlog. Dessa vez, não haverá times da Série B, ao contrário de edições anteriores. Mauro Beting segue no posto de comentarista.


De acordo com o TechTudo, o contrato possui validade de dois anos e, portanto, o campeonato está garantido para a edição de 2018. Seis estádios nacionais estão confirmados: Vila Belmiro, Maracanã, Arena Corinthians, Beira Rio, Mineirão e Morumbi. No entanto, a Konami deixou no ar a possibilidade de incluir mais estádios. Resta aguardar.

Arena Corinthians será um dos estádios brasileiros do PES 2017

Arena Corinthians será um dos estádios brasileiros do PES 2017

Vale lembrar que o BitBlog esteve cobrindo a E3 direto de Los Angeles em junho deste ano. Na ocasião, testamos uma demo PES 2017 e escrevemos nossas impressões, que você pode ler clicando aqui.

PES 2017: entrevistamos Adam Bhatti, da Konami

Atualização (30/08/2016): a Konami confirmou o licenciamento de 20 clubes da Série A, além de pelo menos seis estádios. Milton Leite será o narrador da edição brasileira. Veja as novidades aqui.


Durante a E3 2016, ao chegar à sala de reuniões da Konami, rapidamente encontrei inúmeros PS4 com uma demo de PES 2017. Enquanto aguardava a apresentação sobre o game que seria feita por lá, resolvi jogar um pouco o novo Pro Evolution Soccer. Além do visual nitidamente superior, devido às melhorias feitas no motor Fox Engine, os goleiros claramente estavam fazendo defesas mais difíceis do que de costume. É, eu tinha notado algumas das melhorias da série neste ano, antes mesmo de ouvir os representantes da Konami.

O time responsável não consegue esconder a empolgação com as inovações desta versão, que tem como lema a frase “controle a realidade”. Entre as de maior destaque, além das já mencionadas, está a inteligência artificial adaptativa. A promessa é que o game aprenda como você joga, através de machine learning, e se adapte a isso. Em complemento, os movimentos dos jogadores estão mais naturais e os passes mais precisos. Os escanteios de PES, considerados “engessados” por alguns, receberam quatro esquemas possíveis, flexibilizando o uso de novas estratégias.

Quem curte partidas online vai gostar de saber que as estatísticas foram reforçadas. Você saberá mais sobre o seu histórico contra um amigo específico, por exemplo, além de ver registrado o estilo de jogo de cada um, categorizado por diferentes aspectos, como os movimentos preferidos. Por outro lado, a funcionalidade Edit Data Sharing possibilitará, no PS4, a transferência de times e jogadores personalizados via USB. Um novo myClub vai mudar a forma de contratar talentos.

Pro Evolution Soccer 2017 - myClubFicou mais simples a forma de contratação no myClub

Após a jogatina, entrevistei com exclusividade o Adam Bhatti, que é Global Product and Brand Manager da série PES. O representante da Konami falou sobre as melhorias, realidade virtual e até o mercado brasileiro. Confira!


As novidades de PES 2017 certamente são interessantes. Mas e quanto às edições do jogo no PS3 e Xbox 360? Elas também receberão estas inovações?

Ainda estamos olhando para a geração passada. Em resumo, posso assegurar a você que o “sentimento” ao jogá-las será o mesmo, mas as novas edições (PS4/Xbox One) são as mais precisas quanto à nossa visão para o título, principalmente no que diz respeito às animações e inteligência artificial. No fundo, é o mesmo motor de jogo, a Fox Engine, que é adaptável.

E quanto à versão para PC? Ela está mais próxima do PS4 e One, ou da geração passada?

Ainda não falamos em PC porque há vários detalhes a serem anunciados. O desenvolvimento não terminou e o lançamento está um pouco longe, já que será no inverno norte-americano (para o Brasil, entenda como verão). Posso garantir que o game, nos consoles (não a versão PC), terá mais mudanças significativas entre o 2016 e o 2017 do que aconteceu entre o 2015 e o 2016.

Pro Evolution Soccer 2017 - 2

Qual a visão de vocês em relação a realidade virtual na série PES?

Estamos discutindo isso neste momento. O foco para este ano são as melhorias já anunciadas, mas estaremos onde os jogadores estiverem. Se realidade virtual emplacar, por que não? No Brasil, por exemplo, ainda não há muitos PS4. Logo, o mercado de VR nele ainda não é grande. Vamos aguardar.

Recentemente, foi anunciado que os servidores online de PES 2015 serão desligados em agosto, em menos de 2 anos após o lançamento. Isso gerou insatisfação entre os fãs. Como isso afeta PES 2017?

Isto (desligar os servidores tão cedo) não é algo que planejamos. Não faríamos se houvesse público lá. No caso de PES 2015, creio que cerca de apenas 200 pessoas usavam recursos online. Notamos que os fãs se importam com atualizações de times e uniformes, entre outras melhorias, e por isso eles mudam de versão. PES 2015 foi um sucesso comercial, mas o público mudou. É caro manter servidores no ar e percebemos que pode ser mais benéfico, para ambas as partes, investir em melhorias para as edições seguintes.

No Brasil, há rumores da saída de Silvio Luiz da narração e a entrada de Milton Leite. Eles procedem?

(risos) Ainda não há nada a ser anunciado. Não posso responder sobre isso. Se tivermos que mudar (a narração), o que garanto é que a nova opção será definida para agradar os fãs.

Pro Evolution Soccer 2017 - 3

Quais times brasileiros estarão presentes em PES 2017?

Eu diria para o público não se preocupar. Faremos este tipo de anúncio na Gamescom, em agosto. Como o game ainda não tem uma data de lançamento específica, apenas a época (verão brasileiro), preferimos ficar confortáveis primeiro com o título antes de revelar mais detalhes. Ainda há questões a serem resolvidas no desenvolvimento.

Para terminar: como é feita a escolha de quais estádios estão representados no jogo? Quais os desafios em relação ao licenciamento?

Depende de parceria com os clubes. Quanto aos jogadores, por exemplo, temos que negociar os direitos um a um, por isso em PES 2016 tivemos tão poucas representações fiéis em cada clube. Já em relação aos estádios, também depende de negociação. Todo ano, no entanto, fazemos uma pesquisa global levando em conta a opinião do nosso público. Se os fãs quiserem muito sugerir algum estádio, por exemplo, podem entrar em contato conosco pelas redes sociais do PES, temos uma equipe para este fim. Para a versão 2017, já há muitos detalhes encaminhados, então só faríamos alguma adição se muita gente pedir.

Confira a nossa cobertura da E3 2016, direto de Los Angeles

Quer ver a E3 deste ano de um jeito diferente? Acompanhe com a gente. A maior feira de videogames do mundo vai acontecer em junho e o BitBlog estará cobrindo tudo ao vivo, direto de Los Angeles.

O evento propriamente dito vai durar apenas três dias, mas antes disso as maiores empresas da indústria costumam fazer suas próprias conferências. Por isso, a cobertura do BitBlog será maior, de 12 a 17 de junho. Em todos estes dias, transmitiremos ao vivo, em nossa página do Facebook, o Jornal da E3, às 11h30 da manhã (horário de Brasília). Ele trará um resumo das novidades e também vamos atualizar vocês sobre o que jogamos, o que mais gostamos e o que chamou atenção, além de informações de bastidores.

E3 2015 - Conferência UbisoftGrandes conferências, anúncios e surpresas: chegou o melhor momento do ano para gamers

O BitBlog vai mostrar todas as novidades das conferências da Sony, direto do The Shrine Hall, em um post no site + transmissão no Twitter. O evento da Microsoft funcionará de forma similar. De olho nos PC gamers, também fomos convidados para a PC Gaming Show 2016, direto do The Theatre. Já a Nintendo, que optou por algo mais modesto neste ano, terá nossa cobertura direto do pavilhão do LA Convention Center.

Abaixo, veja um resumo da nossa cobertura ao vivo. Queremos você participando com a gente! Portanto, podem mandar comentários, sugestões e perguntas. Lembrando que todos os horários seguem o fuso de Brasília. E, além dos eventos abaixo, lançaremos conteúdo no site, que vai ficar com a cara da E3. Também é importante destacar que outras pautas podem surgir na agenda de última hora e vamos fazer o possível para buscar as informações mais interessantes para nossos leitores.

AGENDA

Domingo, 12 de junho

  • Conferência da EA (EA Play)
    • Onde? Já terminou, veja aqui no site
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que foi falado? Trailers dos novos jogos da empresa, como Titanfall 2 e o novo Battlefield

Segunda, 13 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? O que jogamos no dia anterior (Titanfall 2, Battlefield 1) e as expectativas do dia
  • 13:30 – Conferência do Xbox
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Anúncio de novos jogos para Xbox One e Windows 10, além do possível anúncio de novo modelo do Xbox
  • 15:30 -PC Gaming Show 2016
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Novos games para PC e novidades de realidade virtual
  • 17:00 – Conferência da Ubisoft
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? For Honor, Watch Dogs 2, novo Ghost Recon e possíveis surpresas
  • 22:00 – Conferência do PlayStation
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Anúncio de novos jogos para PS4 e PS VR, além do possível anúncio de novo modelo do PS4

Terça, 14 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
  • 13:00 – Transmissão da Nintendo – novo The Legend of Zelda (Wii U)
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Tudo sobre o novo Zelda, em edição para Wii U

Quarta, 15 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3

Quinta, 16 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? Tudo que jogamos no segundo dia de E3, nossa passagem pelo estande da Square Enix, o que rolou no festival indie MIX e as expectativas do dia

Sexta, 17 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? Tudo que jogamos no último dia de E3, o que rolou no estande da Alienware e, para encerrar, os bastidores do evento

Acompanhe com a gente! #BitBlogNaE3

Remake não oficial de Metal Gear Solid ganha trailer

O espanhol Airam Hernandez é um grande fã da franquia Metal Gear Solid. Ele é tão fã que está trabalhando em um projeto próprio para fazer um remake do primeiro game, lançado em 1998 para PlayStation. A ideia inicial era recriar a base Shadow Moses, um dos cenários mais marcantes do jogo da Konami.

O trabalho – feito com o motor gráfico do Unreal Engine 4 – teve uma repercussão tão grande na internet que Airam decidiu fazer um remake de todo o game. No último domingo (17), ele divulgou o primeiro trailer, que tem quase 2 minutos de duração. Em pouco mais de 24 horas, o vídeo já tinha passado de 100 mil visualizações apenas no YouTube.

A Konami, entretanto, não se pronunciou ainda sobre o projeto e existe a chance dela suspendê-lo por violação de direitos autorais. Ou, em uma hipótese mais otimista, oferecer uma oportunidade de trabalho e ajuda a seu fã. Vou torcer pela segunda opção.