Nintendo 3DS

Indício de Metroid Prime 4 surge em Federation Force, para 3DS

Metroid Prime, de 2002, em minha humilde opinião, é o melhor game de todos os tempos. Mesmo que você não concorde, possivelmente entende que este é um dos jogos mais reconhecidos pela crítica e pelo público já feitos, gerando duas continuações bem-sucedidas e criando uma subsérie dentro da tradicional franquia Metroid. A atmosfera misteriosa, o clima de solidão, a sensação de que tudo está conectado: não sei dizer qual a característica mais incrível de Prime, apenas sei que estou no aguardo do quarto episódio da saga.

Metroid Prime: Federation Force, que acaba de sair no 3DS, é um spin-off e não tem a heroína Samus Aran no papel principal. No entanto, o final do título traz fortes indícios da existência de Prime 4, algo que a Nintendo já afirmou no passado que seria uma possibilidade para o NX. Quem desvendou o enigma foi o site Eurogamer. Veja abaixo as evidências, caso não se importe com spoilers.

Sdds, Samus

Sdds, Samus

No final de Federation Force, após cumprir um objetivo bônus (M17) e zerar o game, após os créditos, surge um Metroid nascendo a partir de um ovo, a partir da visão de um intruso – que, possivelmente, rouba a criatura. Pela forma apresentada rapidamente, muitos fãs apontaram para as semelhanças com Sylux, caçador de recompensas que aparece em Metroid Prime Hunters (DS). Curiosamente, o produtor da série Prime afirmou, na E3 2015, que gostaria de explorar melhor Sylux em um novo game da franquia principal. Além disso, foi falado que este jogo pularia o Wii U e apareceria, possivelmente, no NX.

Troféu de Sylux em Smash Bros Brawl fala mais sobre o misterioso mercenário

Troféu de Sylux em Smash Bros Brawl fala mais sobre o misterioso mercenário

Quer ver o vídeo do final de Federation Force e checar, com os seus próprios olhos, se é Sylux? Veja o vídeo abaixo. Vamos torcer para que tudo isso seja verdade e que a Retro Studios apareça com Prime 4 antes do que possamos imaginar.

Nintendo baixa o preço do New 3DS nos EUA

Com o lançamento do Nintendo NX se aproximando, a empresa está se movimentando para manter as atuais plataformas interessantes. A Nintendo anunciou, nesta terça, a redução de preço do New 3DS (modelo convencional) nos EUA: 150 dólares, acompanhando Super Mario 3D Land em formato digital e duas faceplates (capinhas). Até então, o modelo era comercializado por US$ 200, acompanhando Animal Crossing: Happy Home Designer.

Além disso, os seguintes jogos para 3DS e Wii U entraram na lista Selects e passam a custar 20 dólares no mesmo país:

  • Animal Crossing: New Leaf (3DS)
  • Lego City Undercover (Wii U)
  • Lego City Undercover:  The Chase Begins (3DS)
  • Luigi’s Mansion: Dark Moon (3DS)
  • Nintendogs + cats: Golden Retriever & New Friends (3DS)
  • Nintendo Land (Wii U)
  • The Legend of Zelda: Wind Waker HD (Wii U)
  • Tomodachi Life (3DS)

Os seguintes jogos passam a ser oferecidos por 40 dólares, acompanhando um amiibo:

  • Captain Toad: Treasure Tracker (Wii U)
    • amiibo do Toad
  • Mario Party 10 (Wii U)
    • amiibo da Peach ou Bowser
  • Yoshi’s Wooly World (Wii U)
    • amiibo do Yoshi azul ou rosa

No caso do New 3DS, apenas algumas lojas norte-americanas vão oferecer o pacote. Já os games receberam um novo preço de tabela e, por isso, serão oferecidos com o novo valor sugerido em todo o território norte-americano. Resta saber como isso vai afetar o Brasil, já que a Nintendo não tem mais representação oficial aqui.

New Nintendo 3DS - 149

Conheça 5 games que foram desenvolvidos por uma única pessoa

A jornada de um desenvolvedor / designer de games é desafiadora, principalmente no Brasil, onde faltam incentivos. Embora vários cursos (inclusive de graduação) se popularizem cada vez mais, ainda são poucos os que prosperam por aqui. E quando o desenvolvimento é composto por uma única pessoa? O BitBlog listou, na coluna Bastidores desta quinzena, alguns títulos famosos que foram feitos por apenas um (isso mesmo) corajoso. Quem sabe o post não serve de motivação para você, não é mesmo?

Minecraft

Minecraft Education Edition

Minecraft tornou-se um universo próprio, sendo usado inclusive como ferramenta educativa

É difícil de acreditar que este aqui, um dos cinco games mais vendidos de todos os tempos, tenha começado de forma tão humilde. Markus Persson, um programador sueco, é o responsável por criar a famosa versão alpha de Minecraft. A partir daquele momento, o mundo conheceu o jogo, novas pessoas integraram o time e… Você sabe como termina: mais de 106 milhões de cópias vendidas (dados de julho de 2016) entre PC, consoles e smartphones.

Stardew Valley

Não, não tem RPG Maker aqui!

Não, não tem RPG Maker aqui! Brincadeiras à parte, Stardew Valley foi feito por uma única pessoa

Considerado por muitos o maior jogo indie de 2016, Stardew Valley é mais um exemplo da perseverança de uma alma solitária. O projeto demorou três anos, mas valeu a pena: em menos de seis meses, já são mais de 1,4 milhão de unidades vendidas. O trabalho do desenvolvedor Eric Barone lembra os melhores dias de Harvest Moon no SNES. Esqueça a cara “RPG Maker” – até porque o XNA foi a ferramenta usada – e você poderá descobrir um novo vício.

Tetris

tetris_main

Inocente e viciante: Tetris vem até instalado em televisão

O possível primeiro game que seus pais – ou até avós, no meu caso – jogaram também foi feito por uma pessoa. O designer russo Alexey Pajitnov trabalhava na Russian Academy of Science quando lançou seu projeto, em junho de 1984. A ideia do nome é uma combinação de “tetra” (os blocos que caem possuem, todos, quatro elementos) e “tênis”. O resultado é surpreendente: mais de 170 milhões de cópias vendidas em toda a franquia, sendo 70 milhões unidades físicas e os 100 milhões restantes em formato digital para smartphones. A maior parte do sucesso veio apenas com o lançamento do Game Boy, em 1989, que teve a sua própria versão e chacoalhou a indústria por inteiro. A propósito, Tetris vai ganhar filme em 2017. Bizarro é pouco…

Rollercoaster Tycoon

Aquele momento 1999 do post

Aquele momento 1999 do post

O simulador mais querido da década de 90 foi fruto do programador escocês Chris Sawyer, que modificou elementos de trabalhos anteriores para incorporar montanhas-russas. O jogo original saiu em 1999 para Windows PC, e logo ganhou versões para Xbox, Nintendo 3DS, Mac OS X, iOS e Android. Somando os cinco títulos da série, são mais de 9 milhões de cópias vendidas globalmente. Dá para acreditar que todo esse trabalhou começou com somente uma pessoa?

No Heroes

Para não ficar apenas nos games mais famosos, resolvi colocar um projeto que está sendo feito por um talentoso desenvolvedor. Tiago, um português, vem cuidando sozinho de No Heroes desde 2011. É um projeto em grande evolução, como é possível perceber em suas atualizações no YouTube. Fazer um FPS (tiro em primeira pessoa) não é para qualquer um. O Unity foi o motor de jogo escolhido. O título será free-to-play sem microtransações (!), havendo apenas a venda de skins para os equipamentos. Ainda não há data de lançamento prevista para o game, que chegará à Steam “em breve” como Early Access.

Bônus: o multiplayer de GoldenEye 007 (N64)

Goldeneye 007 - N64 - Multiplayer

Eita, saudade

Para muitos, GoldenEye 007 é o melhor FPS de todos os tempos. Mas você sabia que o famoso modo multiplayer foi feito por um único desenvolvedor, e em apenas um mês? Escondido da Nintendo, Steve Ellis implementou tudo e só avisou quando o modo estava pronto, em cima da data de lançamento do game. O cara é, no mínimo, talentoso, concorda?


Algo em comum entre os projetos acima (exceto o “bônus” de GoldenEye): todos eles demoraram. Portanto, se você quer desenvolver jogos sozinho de qualquer jeito, lembre: persistência e auto-motivação são as chaves para o sucesso.

Sonic Mania e Sonic 2017 são anunciados pela Sega

Em transmissão para comemorar os 25 anos de Sonic the Hedgehog, dois novos games foram revelados. Ambos com a mesma proposta: revigorar o mascote. Pela proposta inicial, a Sega parece ter, enfim, anunciado o que os fãs queriam. Já estamos ansiosos!

Sonic Mania (PS4, Xbox One, PC)

Sonic Mania - 2Sonic Mania é o que a turma reclamona nostálgica mais esperava

Semelhante aos jogos clássicos da série, Sonic Mania traz novos estágios e versões melhoradas de fases antigas. Quem curtiu Sonic 1, 2, 3, CD e o Sonic & Knuckles vai se sentir em casa com a Green Hill Zone e outros estágios idolatrados pelos fãs.

Sonic, Tails e Knuckles serão personagens jogáveis. O game chega ao PlayStation 4, Xbox One e PC entre março e maio de 2017, sendo uma colaboração da Sega com a Headcannon, PagodaWest Games e o desenvolvedor indie Christian Whitehead. Veja o trailer abaixo:

Project Sonic 2017 (NX, PS4, Xbox One)

Project Sonic 2017 - 2Já vimos essa dupla antes, em Generations

Esse, sim. Com todo o respeito a Sonic Mania, que parece interessante, mas o Sonic da nova geração que aguardávamos é este daqui. Feito pelo Sonic Team – o mesmo de Sonic Lost World, Colors e Generations – o game vai contar com as versões clássica e moderna do herói (já vimos isso antes), em meio a um cenário apocalíptico.

O título foi confirmado para o Nintendo NX, além do PS4 e One. A previsão de lançamento é o final de 2017. Veja o trailer abaixo (e tente conter a empolgação):

Outros anúncios

A Sega anunciou ainda que Sonic Dash, para iOS, Android, Windows Phone e dispositivos Amazon, já passou dos 200 milhões de downloads. Por isso, quem acessar o evento especial in-game nesta semana vai receber a Green Hill Zone e o Sonic clássico jogável. Além disso, a empresa lembrou que Sonic Boom: Fire & Ice chega ao 3DS em 27 de setembro. Quem só tem o Wii U, pelo jeito, ficou deprimido com a ausência de novidades para o console.

Nintendo na E3: veja o que aconteceu

Repetindo o feito de anos anteriores, a Nintendo fez sua conferência da E3 2016 apenas online. Na transmissão, foram abordados exaustivamente o novo Zelda para Wii U, além de Pokémon Sun & Moon e outros destaques. Veja abaixo a nossa cobertura, que aconteceu no Twitter.


Confira a nossa cobertura da E3 2016, direto de Los Angeles

Quer ver a E3 deste ano de um jeito diferente? Acompanhe com a gente. A maior feira de videogames do mundo vai acontecer em junho e o BitBlog estará cobrindo tudo ao vivo, direto de Los Angeles.

O evento propriamente dito vai durar apenas três dias, mas antes disso as maiores empresas da indústria costumam fazer suas próprias conferências. Por isso, a cobertura do BitBlog será maior, de 12 a 17 de junho. Em todos estes dias, transmitiremos ao vivo, em nossa página do Facebook, o Jornal da E3, às 11h30 da manhã (horário de Brasília). Ele trará um resumo das novidades e também vamos atualizar vocês sobre o que jogamos, o que mais gostamos e o que chamou atenção, além de informações de bastidores.

E3 2015 - Conferência UbisoftGrandes conferências, anúncios e surpresas: chegou o melhor momento do ano para gamers

O BitBlog vai mostrar todas as novidades das conferências da Sony, direto do The Shrine Hall, em um post no site + transmissão no Twitter. O evento da Microsoft funcionará de forma similar. De olho nos PC gamers, também fomos convidados para a PC Gaming Show 2016, direto do The Theatre. Já a Nintendo, que optou por algo mais modesto neste ano, terá nossa cobertura direto do pavilhão do LA Convention Center.

Abaixo, veja um resumo da nossa cobertura ao vivo. Queremos você participando com a gente! Portanto, podem mandar comentários, sugestões e perguntas. Lembrando que todos os horários seguem o fuso de Brasília. E, além dos eventos abaixo, lançaremos conteúdo no site, que vai ficar com a cara da E3. Também é importante destacar que outras pautas podem surgir na agenda de última hora e vamos fazer o possível para buscar as informações mais interessantes para nossos leitores.

AGENDA

Domingo, 12 de junho

  • Conferência da EA (EA Play)
    • Onde? Já terminou, veja aqui no site
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que foi falado? Trailers dos novos jogos da empresa, como Titanfall 2 e o novo Battlefield

Segunda, 13 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? O que jogamos no dia anterior (Titanfall 2, Battlefield 1) e as expectativas do dia
  • 13:30 – Conferência do Xbox
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Anúncio de novos jogos para Xbox One e Windows 10, além do possível anúncio de novo modelo do Xbox
  • 15:30 -PC Gaming Show 2016
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Novos games para PC e novidades de realidade virtual
  • 17:00 – Conferência da Ubisoft
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? For Honor, Watch Dogs 2, novo Ghost Recon e possíveis surpresas
  • 22:00 – Conferência do PlayStation
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Anúncio de novos jogos para PS4 e PS VR, além do possível anúncio de novo modelo do PS4

Terça, 14 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
  • 13:00 – Transmissão da Nintendo – novo The Legend of Zelda (Wii U)
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Tudo sobre o novo Zelda, em edição para Wii U

Quarta, 15 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3

Quinta, 16 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? Tudo que jogamos no segundo dia de E3, nossa passagem pelo estande da Square Enix, o que rolou no festival indie MIX e as expectativas do dia

Sexta, 17 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? Tudo que jogamos no último dia de E3, o que rolou no estande da Alienware e, para encerrar, os bastidores do evento

Acompanhe com a gente! #BitBlogNaE3

Nintendo NX chega em março de 2017, com Zelda

Em um evento para investidores no Japão, a Nintendo acaba de revelar informações importantes sobre o seu futuro. Confira:

  • O Nintendo NX foi anunciado oficialmente, com lançamento global em março de 2017. O novo The Legend of Zelda, do Wii U, terá uma versão para o novo console. Uma nova arte do título foi divulgada (veja abaixo).
  • Na E3 2016, o único jogo da empresa que estará jogável será o novo Zelda, em sua edição para o Wii U.
  • O game Miitomo alcançou 10 milhões de usuários e já é considerado um sucesso. Os próximos jogos mobile da Nintendo serão baseados nas franquias Fire Emblem e Animal Crossing, sendo o último conectável – de alguma maneira – com um futuro lançamento para consoles. Os novos Fire Emblem e Animal Crossing chegarão entre setembro e dezembro.
  • O Wii U alcançou 12,8 milhões de unidades vendidas até agora, enquanto o 3DS chegou aos 58,85 milhões. Entre os destaques da plataforma de mesa, Splatoon (4,22 M) e Super Mario Maker (3,52 M), que permitiram um bom desempenho em 2015.

A notícia da Nintendo na E3 foi realmente decepcionante. Será que teremos alguma surpresa por lá, em formato não jogável? É aguardar pra ver.

Novo Zelda - Wii U e NX


Leia mais:
Nintendo NX deverá ter overdose de novos jogos
Rumores sobre o Nintendo NX indicam arquitetura x86
Nintendo NX: rumores e o que esperar
Possíveis patentes do Nintendo NX são descobertas