Nintendo Switch

Jogamos: FIFA 18 no Nintendo Switch é interessante

Desde a versão “capada” de FIFA 15 no 3DS, fãs da Nintendo estavam sem a franquia esportiva da EA. Para quebrar o hiato de três anos, vem aí FIFA 18 para o Nintendo Switch. Jogamos um pouco do título na EA Play 2017 (veja o que rolou na conferência), em Los Angeles, e trouxemos nossas impressões aqui.

Fifa no Switch VS outras plataformas

O anúncio de EA Sports FIFA for Nintendo Switch – título que foi rapidamente trocado para FIFA 18 – deixou uma pulga atrás da orelha: o que esperar desta edição? De fato, não é válido comparar o jogo no Switch com as suas versões de PS4 e Xbox One. O modo The Journey, em que você controla o personagem Alex Hunter em busca do sucesso, não está aqui. O motor Frostbite não é usado – ao invés disso, uma engine da EA Vancouver feita para dispositivos móveis.

Por outro lado, pense no que as edições têm em comum: Ultimate Team, modos online, copa internacional feminina, modo torneio. Ou seja: há bastante conteúdo. A EA promete 1080p com o Switch “dockado” e 720p na jogabilidade portátil. Múltiplas opções de controle estarão disponíveis: usando um ou dois Joy-cons por pessoa, além do Pro Controller. Isso significa que, sim, duas pessoas poderão curtir o game ao mesmo tempo com o Switch em “table-top” (portátil apoiado na mesa). Mais um pra lista, depois de Mario Kart 8 Deluxe, Super Bomberman R e FAST RMX!

Jogabilidade

Jogador do Chelsea em destaque

O visual tá legal, vamos combinar

A demo da EA Play trazia um confronto entre Liverpool e Bayern. Jogar com as teclas reduzidas dos Joy-cons pode parecer desafiador no princípio, mas acredite: é uma questão de costume. No final da demo, eu já estava com um desempenho bem melhor. O que incomoda, no entanto, é o tamanho da tela: para quem está acostumado com o game na TV, tudo parece muito apertado na tela do console da Nintendo.

Quanto ao visual, lembrou as edições do Xbox 360 e PS3. Não, isso não é ruim! Principalmente com a visão portátil, onde eventuais falhas ficam imperceptíveis. Gostaria, no entanto, de vê-lo na TV em 1080p, para poder falar mais do visual. Fotos do jogo não foram autorizadas pela EA no evento, mas a imagem acima (in-game) já dá um gostinho.


FIFA 18 chega ao Switch na mesma data que nas demais plataformas: 29 de setembro de 2017. Siga acompanhando a EA Play 2017 e a E3 2017 aqui no BitBlog, direto de Los Angeles, para mais novidades!

EA Play: veja o que rolou na conferência da EA

Repetindo 2016, a EA optou por não participar da E3 propriamente dita, tendo o seu próprio evento (EA Play) acontecendo na mesma semana. Transmitimos a conferência ao vivo direto do Hollywood Palladium aqui no BitBlog. Veja o que rolou abaixo e, já adiantando: fiquem de olho no BitBlog, porque teremos posts sobre os games que experimentamos no decorrer da semana!

Rua do Hollywood Palladium, onde rolou a EA Play.

Rua do Hollywood Palladium, onde rolou a EA Play. No início da manhã, horas antes do evento, as filas quilométricas ainda não existiam

  • Andrew Wilson, CEO da EA, surge para fazer uma introdução ao evento. Menciona que a EA lidou com feedbacks do público, especialmente após Star Wars Battlefront (o de 2015) ter vindo sem modo estória, e que a empresa leva em consideração tais opiniões.
  • Andrew Gulotta, produtor de Battlefield 1, anuncia mapas para junho e julho, além de um grande DLC em setembro com oito novos mapas relacionados à Primeira Guerra Mundial. Patrick Sordurland anuncia um modo para o fim do ano que vai permitir partidas com grupos menores de jogadores.
Andrew Wilson, CEO da EA, abrindo o evento

Andrew Wilson, CEO da EA, abrindo o evento

  • FIFA 18 vem com tudo. Um trailer no telão é exibido, destacando Cristiano Ronaldo (capa no jogo). Em seguida, um vídeo bem-humorado que anuncia o retorno de Alex Hunter e seu modo The Journey no título deste ano.
Centenas de jornalistas do mundo todo durante a conferência

Centenas de jornalistas do mundo todo durante a conferência

  • Marcus Nilsson, produtor executivo de Need for Speed Payback, fala do modo estória do game, que envolve a perseguição a um cartel. Novas possibilidades de personalização serão destaque no novo NFS, permitindo “tunar” até mesmo veículos antigos, como um Fusca.

  • A Way Out é anunciado como o novo jogo indie a receber investimento do programa EA Originals. Josef Fares vem ao palco e fala da liberdade criativa que está tendo com a EA. O jogo terá foco na cooperação: será possível jogar apenas com 2 pessoas, seja online ou offline, mas sempre em tela dividida. Dois protagonistas, Vincent e Leo, terão suas próprias perspectivas do início ao fim. Sai no início de 2018, sem menção a plataformas ainda.

  • A EA fala um pouco do Seed, sua divisão de pesquisa, que vem procurando novas formas de aprimorar inteligência artificial e tornar os projetos da empresa mais realistas.
  • Hora de falar de potência gráfica. Madden NFL 18, em sua versão para o Xbox Scorpio, é prometido como o jogo mais bonito e detalhado já feito pela empresa. Uma nova franquia a cargo da Bioware, Anthem, é anunciada rapidamente em um teaser, com a promessa de mais informações durante a conferência da Microsoft.

  • NBA Live 18 será dois em um: terá partidas em quadras e nas ruas. Demo estará disponível em agosto.
  • EA fala das suas iniciativas de caridade e justiça social e anuncia, para comemorar, que o EA Access (no Xbox One), Origin Access (no Windows) e títulos selecionados para o PS4 estarão gratuitos durante toda a semana seguinte.
  • Para fechar, Star Wars Battlefront 2. Janina Gavankar, atriz que interpreta uma das personagens principais, fala um pouco do seu orgulho em participar do projeto e antecipa: o jogo tem três vezes mais conteúdo que o antecessor, passando pelas três eras da saga.
Stormtroopers invadem palco da EA Play 2017

Stormtroopers invadem palco da EA Play 2017

  • O modo estória será situado entre os episódios VI e VII dos filmes. Sistema de classes e evolução de personagens e armas deixam o título ainda mais profundo. DLCs pós-lançamento do título serão todos gratuitos!
  • Personagens como Darth Maul, Rey e Han Solo serão jogáveis. Primeira partida multiplayer (oficial) do jogo acontece ao vivo, em times de 19 pessoas cada, embora na versão final seja 20 x 20.
Primeira partida multiplayer (oficial) de Battlefront 2 foi na EA Play, com dois times de 19 pessoas

Primeira partida multiplayer (oficial) de Battlefront 2 foi na EA Play, com dois times de 19 pessoas

É isso! Obrigado por acompanhar a gente. Abaixo, um vídeo que lançamos em nosso Facebook com os bastidores do evento. Siga acompanhando o BitBlog para novos posts sobre EA Play e E3!

E3 2017: Acompanhe as conferências ao vivo no BitBlog

A maior feira de games do mundo está chegando! A E3 2017 vem aí e o BitBlog, pelo segundo ano consecutivo, vai estar em Los Angeles para fazer uma transmissão via site, Twitter e Facebook (corre pra curtir a gente por lá!). No ano passado, nos desdobramos para fazer uma cobertura completa: entrevistas, vídeos ao vivo, avaliações de gameplay e bastidores. Nesse ano, vamos repetir a dose.

A feira propriamente dita vai acontecer entre 13 e 15 de junho. No entanto, antes disso teremos as conferências de imprensa das principais empresas, onde grandes revelações costumam acontecer. Fomos convidados para cobri-las in loco (diretamente de onde acontecem), ao vivo. Vamos estar nos eventos da EA, Bethesda, Ubisoft e PlayStation, além de transmitir com comentários o evento online da Nintendo. Veja abaixo o nosso calendário e fique ligado no BitBlog!

EA

  • Quando? sábado 10/06, começando às 16h (Brasília)
  • Onde? Hollywood Palladium
  • Transmissão do BitBlog? sim, in loco, com cobertura no site e Twitter
  • Ficar ligado em: os novos Star Wars e Need for Speed, Fifa on the Nintendo Switch

Repetindo 2016, a EA opta por não participar da E3 propriamente dita, tendo o seu próprio evento (EA Play) acontecendo na mesma semana. Como você viu em nosso vídeo de bastidores, transmitido ao vivo no Facebook, vários títulos ficam expostos para serem jogados, com áreas temáticas e distribuição de brindes (tivemos posts para Titanfall 2 e Battlefield 1). No ano passado, a conferência da empresa anunciou os games que todo mundo já esperava, mas surpreendeu ao falar dos múltiplos projetos de Star Wars que a empresa promete.

Para 2017, estamos de olho não apenas em Star Wars Battlefront II e o novo Need for Speed, mas também em outros dois Star Wars: o que está sendo desenvolvido pela Respawn (de Titanfall) e o da Visceral Games. A versão de Fifa para o Switch também promete chamar atenção, afinal, estamos curiosos para saber quais funcionalidades únicas o jogo terá no console da Nintendo. Espere também o retorno das tradicionais séries esportivas: Madden NFL 18 e Fifa 18.

Vamos transmitir ao vivo a conferência da EA aqui no site e em nosso Twitter a partir das 16h e, no mesmo dia, lançaremos conteúdo de bastidores em nossas redes sociais. Em seguida, teremos posts no site com nossas impressões sobre os próximos lançamentos.

Bethesda

  • Quando? segunda-feira 12/06, começando à meia-noite (Brasília, na virada do dia 11 pro dia 12)
  • Onde? LA Center Studios
  • Transmissão do BitBlog? sim, in loco, com cobertura no site e Twitter
  • Ficar ligado em: Fallout VR, novos The Evil Within e Wolfenstein (rumor)

Em 2017, vamos cobrir in loco – pela primeira vez – a conferência da Bethesda. Se por um lado , por outro, não temos certeza do que mais está por vir. No convite enviado a imprensa, a empresa colocou uma arte que remete um parque de diversões, fazendo menções a The Elder Scrolls, Doom, Quake, Fallout, Dishonored, Prey e dois projetos secretos.

Será que todas essas elogiadíssimas séries estarão presentes? Rumores apontam para a revelação de novos The Evil Within e Wolfenstein. No que diz respeito a Fallout, teremos Fallout VR (que provavelmente será jogável na feira). Sobre The Elder Scrolls, uma edição de Skyrim para o Switch poderá ser abordada. Mas e as outras? Só esperando pra descobrir.

Vamos transmitir ao vivo aqui no site e em nosso Twitter a partir da meia-noite. Mas fique ligado, é na virada do domingo 11 pra segunda-feira 12.

Ubisoft

  • Quando? segunda-feira 12/06, começando às 17h (Brasília)
  • Onde? Orpheum Theatre
  • Transmissão do BitBlog? sim, in loco, com cobertura no site e Twitter
  • Ficar ligado em: novo Assassin’s Creed, Mario + Rabbids e Far Cry 5

Em 2016, a conferência da Ubi foi bastante diversificada. Anunciou o primeiro game third-party do Switch, além de surpreender com uma nova franquia (Steep) e trazer mais das suas principais séries. No decorrer da feira, curtimos alguns dos destaques: For Honor, Steep e Eagle Flight VR.

O BitBlog foi convidado mais uma vez para cobrir o evento da publisher e, dessa vez, esperamos novamente algo bem variado. Sim, Just Dance 2018 vai vir, assim como novos The Crew e Far Cry (esse último tá visualmente arrasador) estarão presentes. Assassin’s Creed deve retornar com tudo: rumores apontam para Origins, uma aventura no Egito e Grécia. Conte ainda com Mario + Rabbids, crossover do mascote da Nintendo com os coelhos malucos para o Switch.

Iremos transmitir ao vivo aqui no site e em nosso Twitter a partir das 17h e, no decorrer da feira, traremos gameplay de alguns dos destaques!

PlayStation

  • Quando? segunda-feira 12/06, começando às 22h (Brasília)
  • Onde? The Shrine Auditorium & Expo Hall
  • Transmissão do BitBlog? sim, in loco, com cobertura no site e Twitter
  • Ficar ligado em: God of War, Death Stranding e Days Gone

Em 2016, enquanto brigávamos com o problema de Wi-Fi lá no The Shrine, testemunhamos a loucura coletiva que foi ver Hideo Kojima no palco, anunciando Death Stranding, entre outros anúncios. Foi tanta coisa boa que corremos na feira para jogar os principais destaques: Horizon Zero Dawn, Gran Turismo Sport (não teve post!), os não exclusivos Final Fantasy XV e Resident Evil VII, além de algumas surpresas do PS VR (Thumper, Batman Arkham VR, Wayward Sky, Psychounauts, Until Dawn: Rush of Blood e RIGS).

Será que, em 2017, a Sony vai ganhar a E3 de novo? É possível ter um evento pré-E3 tão bom quanto o do ano passado? Vai ser difícil, mas não vai faltar jogos. Vários anúncios de 2016 ainda estão por vir e devem ser relembrados (Detroit: Become Human, Days Gone, God of War, Death Stranding, o novo Spiderman), além de Final Fantasy VII Remake, que foi mencionado em 2015 e – desde então – ficou no limbo. Aguarde ainda uma tonelada de títulos para o PlayStation VR. Rumores indicam que um sucessor do PS Vita será oficializado, mas nós não acreditamos muito nisso.

Iremos transmitir ao vivo aqui no site e em nosso Twitter a partir das 22h e, no decorrer da feira, traremos gameplay de alguns dos destaques!

Nintendo

  • Quando? terça-feira 13/06, começando às 13h (Brasília)
  • Onde? evento online
  • Transmissão do BitBlog? sim, com cobertura no site e Twitter
  • Ficar ligado em: Super Mario Odyssey, Xenoblade Chronicles 2 e o novo projeto da Retro Studios

Em 2016, não houve uma pré-conferência da Nintendo na E3. O que existiu foi um evento online, o Nintendo Treehouse, onde se falou de The Legend of Zelda: Breath of the Wild, Pokémon Sun & Moon, Paper Mario: Color Splash e jogos indie. Fizemos uma cobertura modesta no Twitter, com ficou um gosto amargo na boca. Faltam anúncios de cair o queixo. Sim, jogamos o novo Zelda na feira, mas era o único título jogável. Em meio ao fim de vida do Wii U e a resistência a anunciar o Switch naquele momento, realmente, não havia o que falar mais.

Felizmente, o Switch já saiu, está vendendo horrores (no bom sentido) e agora a empresa pode voltar ao formato que vinha apresentado nos anos anteriores. Mesmo sendo algo apenas online, sem o luxo e a grandiosidade de um palco com uma imensa platéia, o chamado Nintendo Spotlight E3 2017 vai olhar para a frente, com jogos já anunciados e outras surpresas para o Switch e 3DS. Claro que Super Mario Odyssey será o destaque, junto a Splatoon 2, ARMS e o aguardado Xenoblade Chronicles 2. Porém, os fãs esperam mesmo é pela revelação do projeto da Retro Studios, de Metroid Prime, que vem sendo guardado a sete chaves por, pelo menos, quatro anos. Um novo Metroid? Uma propriedade intelectual inédita? Que comecem as apostas.

Vamos transmitir o evento ao vivo em nosso site e Twitter a partir das 13h. No decorrer da feira, teremos vários posts com gameplay!

 

Monster Hunter XX confirmado para o Nintendo Switch

Versão deluxe de Monster Hunter Generations (3DS), com conteúdo extra, Monster Hunter XX chegará ao Nintendo Switch japonês em 2017. É o que revelou a Capcom, que promete mostrar o gameplay do título nos próximos dias. Um anúncio para o Ocidente ainda não foi feito, mas – no pior dos mundos – o Switch não tem trava de região, então será possível comprar o game (tanto em mídia digital quanto física) e jogá-lo em um console americano ou europeu.

Os investidores da Nintendo gostaram do anúncio: as ações da Nintendo dispararam, obtendo o maior valor em oito anos. Isto deve-se à popularidade da franquia Monster Hunter, em especial no Japão.

Espera-se que XX seja demonstrado na E3 2017, que acontecerá entre 13 e 15 de junho em Los Angeles. Mais uma vez, o BitBlog vai estar por lá, marcando presença no evento e nas pré-conferências in loco. Abaixo, veja um trailer da edição do jogo para o 3DS, disponível no Japão desde março, pra ter um gostinho do que vem por aí!

Nintendo Switch chega ao Museu do Videogame

Com vendas de estreia equivalentes às do Wii, o Nintendo Switch chegou de forma sólida ao mercado. Com um novo Zelda entre os títulos disponíveis, o sistema já é bem desejado: muita gente está louca para experimentar o console, em especial com a nova aventura de Link. Eis que o Museu do Videogame Itinerante incluiu o lançamento da Nintendo em sua exibição, que agora está em cartaz no Shopping Center Recife!

A iniciativa, que é gratuita, traz consoles antigos e novos sob a curadoria do jornalista Cleidson Lima. A terceira passagem do Museu por Recife foi a primeira no Brasil a trazer o Switch – “dockado” e conectado à TV – e The Legend of Zelda: Breath of the Wild entre as demonstrações abertas ao público. O BitBlog participou da experiência.

Breath of the Wild e Nintendo Switch: uma dupla ambiciosa

Joy-con Grip do Switch em nossas mãos, durante demonstração de Zelda

Bonito, mas desconfortável – essa foi a nossa impressão do Joy-con Grip do Nintendo Switch

Já tínhamos curtido o Breath of the Wild na E3 2016, especificamente no Wii U. A edição do Switch realmente estava mais estável, sem quedas notáveis de framerate. Na TV, o visual cartoon ajuda a esconder eventuais imperfeições, casando bem com a proposta do jogo. Em um save compartilhado por quem passava pelo evento, o título podia ser apreciado por até cinco minutos por cada pessoa presente. Difícil era passar tão pouco tempo jogando uma aventura tão vasta! Aventura que, por sinal, pode ficar maior com DLCs prometidos pela Nintendo para Breath of the Wild.

Dois consoles Switch estavam lá, cada um em seu dock, enquanto cada par de Joy-cons estava conectado ao suporte (grip) que vem com o videogame. Aí que reside o problema: o Joy-con Grip é minúsculo e quem tem mãos grandes vai sofrer um pouco para se acostumar. A impressão que passa é que as mãos ficam muito próximas. Para uma empresa que produziu comandos confortáveis – como o do N64 e GameCube – esperávamos mais nesse sentido.

De qualquer forma, Zelda é Zelda. Acreditamos que, no modo portátil, a “pegada” dos Joy-cons fica muito melhor com eles acoplados ao console propriamente dito. E ainda há o Pro Controller, um joystick mais tradicional fabricado pela Nintendo, que vem sido bastante elogiado pela crítica até aqui. Portanto, experimentar o jogo (que promete ser o melhor de 2017) na nova aposta da empresa é algo obrigatório!

Museu do Videogame tem até Atari

O Museu do Videogame Itinerante, que somente em 2015 e 2016 recebeu mais de 7 milhões de visitantes em 15 cidades, é o primeiro do gênero do país registrado pelo Ibram – Instituto Brasileiro de Museus. Em 2014, recebeu o prêmio do Ministério da Cultura como o museu mais criativo do país. Em 2016, foi um dos museus brasileiros escolhidos para representar o país no maior encontro de museus do mundo, em Paris.

A exposição totalmente interativa resgata quatro décadas de história da evolução dos videogames. Entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogamefabricado no Brasil); o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); o Microvision (primeiro portátil a usar cartucho), de 1979 e o R.O.B (robozinho lançado juntamente com o Nintendo 8 bits, em 1985).

Em 2017, uma outra novidade interessante é o PlayStation VR, disponível para demonstrações.

Próximas cidades que vão receber o Museu do Videogame

Atualmente, o Museu do Videogame está de passagem pelo Recife. Ele pode ser visitado gratuitamente no Shopping Center Recife de segunda a sábado, das 9h às 22h, e domingo, das 12h às 21h. Para acompanhar as próximas cidades a receber o evento, basta acessar o Facebook do Museu ou o site oficial. Para facilitar, colocamos uma listinha abaixo, mas lembrem de verificar se as datas permanecem as mesmas, ok?

Recife – 04/03 a 26/03
Maceió – 08/04 a 23/04
Maringá – 04/05 a 14/05
Fortaleza – 12/08 a 03/09
São Paulo – 07/10 a 29/10

Sonic Forces é anunciado pela Sega e tem gameplay revelado

Há algum tempo a Sega vinha desenvolvendo um novo game do ouriço azul que era tratado com o codinome Project Sonic. Nas últimas 24 horas tivemos várias novidades sobre o jogo, que havia sido anunciado na E3 2016. O perfil oficial de Sonic the Hedgehog no Twitter revelou na noite da quinta o nome oficial: Sonic Forces.

E nesta sexta-feira, conforme prometido pela Sega, foi a vez de divulgarem o primeiro gameplay do “Sonic moderno” de Sonic Forces. Colocamos o vídeo abaixo. Nele dá para sentir que há vários elementos do Sonic Colors e do Sonic Generations, dois títulos em 3D de Sonic que tiveram até que uma boa aceitação da crítica. O primeiro, em sua versão para Wii, ganhou 78 no Metacritic. Já o segundo teve uma nota parecida para o PlayStation 3 e Xbox 360, embora tenha sido massacrado no 3DS.

O que sabemos sobre Sonic Forces

Sonic Forces está sendo feito pelo Sonic Team, a divisão da Sega que deu início à franquia e que assina o desenvolvimento de Sonic Colors e Sonic Generations. O game vai ter um apelo visual em 3D muito forte e o gameplay revelado nesta sexta-feira realmente mostra um jogo bem polido. Ele vai ser lançado para Windows PC, Xbox One, Playstation 4 e Nintendo Switch no final de 2017.

Vamos ter o retorno da mecânica do Sonic moderno, bem mais acelerado e com um estilo inspirado no on-rails que nem sempre anima a galera das antigas. Ele vai coexistir, com o Sonic clássico, que apesar do visual caprichado ainda se assemelha aos jogos de plataforma que fizeram história no Mega Drive e favorece a exploração das fases.

Se você ainda está confuso sobre a diferença, confira este vídeo abaixo. Pode pular para 40 segundos:

Por fim, não temos praticamente nenhuma informação sobre o enredo, mas tanto o gameplay como o trailer da E3 2016 sugerem uma pegada pós-apocalíptica. Uma boa pista é o slogan: “Junte-se à resistência”.

Imagens de Sonic Forces

Capturamos algumas telas do gameplay. É importante destacar que a qualidade ingame fica bem superior a isso.

E os fãs do Sonic clássico?

Bem, ainda não temos nenhum gameplay de como vai ficar o Sonic clássico em Sonic Forces.

Minha dica para o pessoal mais nostálgico como eu, que curtia Sonic & Knuckles e toda aquela era de ouro do Mega Drive, é apostar as fichas também no Sonic Mania. Já escrevemos sobre o Sonic Mania aqui no BitBlog. A má notícia é que ele vai sofrer um pequeno atraso. Antes confirmado para o segundo trimestre deste ano, deve levar mais alguns meses até chegar nas prateleiras. Vale lembrar que a Sega classifica Sonic Mania como o game definitivo da franquia para o público retrô.

Falando nisso, não deixe de ver a nossa listinha das 10 melhores fases do Sonic no Mega Drive.

Abaixo, novo trailer recém-liberado do Sonic Mania, com a Flying Battery Zone:

Nintendo Switch: vendas superam expectativas de analistas

Lançado nos principais mercados em 3 de março, o Nintendo Switch teve seus primeiros dados de vendagem revelados.

No Japão, a revista Famitsu antecipou que o console híbrido superou 330 mil unidades em seus dois primeiros dias nas prateleiras. O título número 1 – como era de se esperar – foi The Legend of Zelda: Breath of the Wild, que ficou na casa de 193 mil unidades vendidas em edição física. Com o melhor lineup de títulos para o lançamento, os japoneses superaram os números de estreia do Wii U (308 mil) e PS4 (322 mil), mas ficaram abaixo do Wii (371 mil).

Nos EUA, a situação parece ter sido ainda melhor, de acordo com o The New York Times. Em seus dois primeiros dias no mercado, o Switch teve a melhor estreia da história da Nintendo em termos de vendas de hardware (incluindo os portáteis). Até então, quem tinha esse posto era o Wii. O novo Zelda também foi o game com o lançamento de maior vendagem – de todos os tempos – para a empresa, considerando títulos stand-alone (isso é, jogos que não vêm em pacotes promocionais com hardware). A nova saga de Link teve números superiores até mesmo em relação a Super Mario 64 em seus primeiros dois dias.

No Reino Unido, também contabilizando a sexta-feira e o sábado do lançamento, o Switch alcançou mais de 80 mil unidades, o dobro do Wii U em 2012. No entanto, este indicador ainda está abaixo do PS4 (250 mil) e Xbox One em 2013 (150 mil), além do 3DS em 2011 (113 mil) e o Wii em 2006 (105 mil).

Com as boas notícias acima, a Nintendo teve um aumento significativo no valor de suas ações, 4%, deixando os investidores mais otimistas. Resta saber se o momento será mantido com os próximos lançamentos de software.