Planet Coaster

Planet Coaster: um simulador de parques de diversão no Steam

Há algum tempo, falamos brevemente de Rollercoaster Tycoon aqui no BitBlog. É curioso como um game feito originalmente por uma única pessoa tornou-se febre, criando um novo gênero de simulação. Embora a franquia tenha esfriado com o passar do tempo, o estúdio Frontier Developments – que colaborou com a mesma – está prestes a lançar um sucessor espiritual. Planet Coaster promete ser o simulador definitivo de parques de diversão. Em 17 de novembro, quando será lançado para Windows via Steam, vamos descobrir se o projeto merece todo esse hype.

Independência

“Nós estaremos publicando, por conta própria, Planet Coaster. Ninguém vai interferir no nosso trabalho. Estamos fazendo o game que nós queremos.”

A frase acima veio de Jonny Watts, diretor criativo do estúdio, em conversa com a edição inglesa da MCV. A declaração remete a alguns lançamentos passados da série Rollercoaster Tycoon, que precisou da grana de empresas como a Atari e a LucasArts para se tornar realidade. Planet Coaster nasceu como projeto indie, teve campanha no Kickstarter (levantando mais de £35.000), e contou com o feedback dos financiadores para evoluir até o produto final. O pessoal da Frontier está bem otimista, a propósito.

Imagem de montanha-russa sob o oceano

O visual lembra um pouco a arte de Sea of Thieves, da Rare

Gerando hype

Quais as inovações, precisamente, deste game? Em primeiro lugar, a ideia é se aproximar da realidade: qualquer ação realizada no parque de diversões que você gerencia vai refletir, instantaneamente, na reação das pessoas. Se há milhares de indivíduos frequentando o parque, cada um deles vai expressar nitidamente o seu sentimento em relação a cada decisão sua, qualquer que seja. Logo, se você fizer besteira, vai saber bem rápido… É o chamado “gerenciamento de multidões”, algo ainda não explorado no gênero.

Imagem de montanha-russa vista de cima

Visual caprichado de Planet Coaster chama atenção

Qual a graça de construir seu próprio parque se não é possível compartilhar com outras pessoas? Este recurso estará presente via Steam Workshop e promete ser um dos pontos altos. Por enquanto, o jogo está previsto apenas para Windows, mas vai trazer suporte a português. O game está em pré-venda no Steam e quem adquirir poderá experimentar uma versão beta antes do lançamento em novembro. Abaixo, veja o trailer e tire suas próprias conclusões.