Recife

Uber começa a operar no Recife nesta quinta

Agora é para valer. Depois de meses flertando com a possibilidade de iniciar operações no Recife, o aplicativo Uber – que já vinha dando vários sinais de interesse na capital pernambucana – finalmente oficializou a chegada do serviço à cidade. A informação é da própria equipe de comunicação do famoso app e foi divulgada na edição desta quinta-feira (03) do jornal Diario de Pernambuco, parceiro do BitBlog. Por enquanto, funcionará no Recife a modalidade UberX, que é um Uber “mais econômico”, digamos assim.

Há algumas semanas o Uber vem investindo em anúncios segmentados no Facebook para internautas do Recife. O objetivo era justamente aumentar a base de interessados em trabalhar como motoristas para o serviço de transporte particular. No mês passado, a gente repercutiu aqui no BitBlog uma entrevista do gerente geral do Uber para a América Latina, Andrew MacDonald, que confirmava os planos de expansão da empresa para o Norte e Nordeste do Brasil no roadmap de 2016.

Em outra ocasião, o blog analisou a possibilidade do Uber começar a operar no Recife – e que agora se torna realidade. Também fomos um dos primeiros veículos a noticiar, em agosto passado, a abertura de vagas do Uber na capital.

A partir das 14h desta quinta-feira, que é quando começa a operar, Recife passa a ser a oitava cidade brasileira a receber o serviço. O Uber já atuava em Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Goiânia, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.

Polêmico pela disputa acirrada com os taxistas (que o consideram serviço clandestino) e também por ousar confrontar o poder público – para se ter uma ideia, a Prefeitura do Recife chegou a dizer que não foi notificada pela empresa – a novidade deve dar o que falar.

COMO BAIXAR O UBER

O aplicativo do Uber é gratuito. Ou seja, você não vai pagar nada para fazer download dele no seu smartphone. Paga apenas pelas corridas, é claro.

Clique aqui para baixar o Uber para iOS.

Clique aqui para baixar o Uber para Android.

Clique aqui para baixar o Uber para Windows Phone.

COMO O UBER FUNCIONA?

O Uber é relativamente parecido com aplicativos como o Easy Taxi e o 99Taxis. Primeiro você precisa baixar o app no seu smartphone e efetuar um cadastro para inserir seus dados pessoais e informações de pagamento.

Através do GPS e sinal Wi-Fi, o aplicativo já vai tentar descobrir a sua localização. Há a opção de procurar o endereço no mapa ou digitar manualmente o ponto de partida. Depois é só escolher a modalidade do serviço na lista – aqui no Recife só tem o UberX disponível, por enquanto. A tela irá exibir as tarifas correspondentes ao serviço selecionado.

O usuário também pode informar previamente para onde ele deseja ir e receber uma estimativa do valor. As tarifas do Uber são um pouco diferentes do que estamos acostumados a ver com os táxis. Em geral, é feita uma cobrança baseada em tempo, distância e tipo de veículo contratado.

No Recife, o preço base do UberX será de R$ 2,50, com adicionais de R$ 0,17 por minuto, R$ 1,15 para cada quilômetro rodado e valor mínimo de R$ 6. Em São Paulo, para efeito de comparação, o preço base do UberX é R$ 2, com adicionais de R$ 0,26 por minuto e R$ 1,40 para cada quilômetro rodado. O valor mínimo cobrado é R$ 7.

Há, ainda o preço dinâmico, que pode ser ativado quando a demanda pelo serviço cresce repentinamente – a exemplo de carnaval e Réveillon. Clique aqui para entender como funciona o preço dinâmico. Nessas situações, prepare o bolso porque a tarifa aumenta.

COMO SER MOTORISTA DO UBER?

O Uber está continuamente buscando novos motoristas, a quem chama de parceiros. Se você possui interesse, clique aqui para fazer seu cadastro. Existem requisitos específicos – como modelo e ano do veículo que variam de acordo com a modalidade.

Eu recomendaria aos interessados em dirigir para o Uber que participem de grupos no Facebook. Já existe até um grupo do Uber no Recife. Mas tem outros como este daqui e este outro. Aproveite para ler relatos e trocar experiências.

REPERCUSSÃO


Executivo da FriSabor dá lição de empreendedorismo na aceleradora Jump

A aceleradora do Porto Digital, a Jump Brasil, abre as portas para mais um encontro com a comunidade local de empreendedores. Na próxima quinta-feira (25), das 18h às 22h, acontece a quarta edição da Jump Sessions, que desta vez vai trazer Marcelo Mayer, diretor-executivo da FriSabor. Na ocasião, ele vai contar sua história de empreendedorismo e detalhar o plano de expansão da rede pernambucana, que já possui mais de 30 unidades espalhadas pelo Nordeste. Há quase 60 anos no mercado brasileiro, a FriSabor investiu, no final de 2014, R$ 1,5 milhão em um centro de distribuição em Fortaleza. A entrada em territórios cearenses também contou com a inauguração de uma loja própria no Shopping Iguatemi.

O que também chama a atenção na trajetória profissional de Marcelo Mayer é que ele deixou um cargo de direção na Coca-Cola para empreender. De acordo com Hiro Miyakawa, da Jump Brasil, trazer um empreendedor do cenário tradicional – que não enveredou pelo caminho das startups – será uma experiência diferente para o público da Jump Sessions. Uma das características do encontro é o formato que favorece um clima mais informal, com direito a bebida e foodtruck, mas sem deixar de lado conteúdo relevante.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas clicando aqui.

Neste outro link você pode participar do evento no Facebook, o que é uma boa forma de ampliar seu networking.

Confira a programação da Sala BitBlog no Festival do Videogame

No dia 13 de março, um domingo, Recife recebe mais uma edição do Festival do Videogame. O evento, que está com inscrições abertas, acontecerá na Expolab. O espaço funciona na Avenida Governador Carlos de Lima Cavalcanti, 100, bairro do Derby. O BitBlog é um dos parceiros do Festival do Videogame e ficou responsável por preparar uma programação especial para o público. Confira, abaixo, o que montamos para vocês:

10h30 – Conheça a IGDA

Bruno Palermo é líder de design de jogos na SaleSIM. Atua na área há 11 anos, tendo passado por companhias como Gameloft, Meantime e ZupCat, nas quais publicou mais de 20 jogos para dispositivos móveis e redes sociais. É jurado do Festival de Jogos do SBGames, membro do Theme & Diversifiers Committee da Global Game Jam e coordenador do Capítulo Recife da International Game Developers Association (IGDA). Ele vai falar sobre as iniciativas para fortalecer a comunidade gamer na capital pernambucana.

11h15 – Gamificação na sala de aula

Você sabia que educação e games podem andar de mãos dadas? Elementos dos jogos eletrônicos são usados em sala de aula para tornar a aprendizagem mais lúdica, despertando interesse dos alunos. Na Sala BitBlog, quem apresenta o conceito e as tendências da gamificação é Luciano Meira, pedagogo, pesquisador e professor do Departamento de Psicologia da UFPE. Ele também é empreendedor da Joy Street, empresa pernambucana situada no Porto Digital e que trabalha com jogos educacionais.

14h – Quero seguir carreira na área de games!

Os editores do BitBlog, Thiago Neres e Diego von Söhsten, conduzem uma mesa-redonda sobre carreiras na indústria dos games. Como é a formação desses profissionais? Que papeis eles podem desempenhar em uma empresa de jogos eletrônicos? Quais os grandes desafios da indústria, sobretudo para quem está começando? Participam conosco do bate-papo: Breno Carvalho, coordenador do curso de Jogos Digitais da Unicap, Aline Cesario Matoso, gerente de projetos da Manifesto Games, e Harrison Florencio, CEO e fundador da Studios of Magic.

15h15 – Trilha sonora nos jogos

Quem nunca teve uma trilha sonora que ficou marcada na memória? Seja em filmes, desenhos ou games, o trabalho dos compositores é uma forma de expressar arte pela música. Duvidamos que você consiga imaginar Mario ou Sonic sem uma música de fundo. Mas como se faz trilha sonora para videogames? Quem explica o processo é Paulo Germano e Diogo Bazante. Paulo atua com áudio para jogos desde 2004, tem um estúdio próprio e é professor da AESO, onde ministra a cadeira de Design de Áudio para Jogos. Diogo é professor do Conservatório Pernambucano de Música, teve passagem pela D’Accord e chegou a colaborar com o time de som da Rovio.

16h30 – Apresentando o BitBlog

Mas, afinal, o que danado é esse BitBlog? Quem são os jovens pernambucanos que atualizam o blog mais legal de tecnologia, empreendedorismo e games de Pernambuco? É o momento em que os editores Thiago Neres e Diego von Söhsten falam sobre suas experiências como blogueiros, gostos pessoais, planos para o futuro do BitBlog – como a cobertura da E3 – e oportunidades de patrocínio.

17h15 – Mulheres no mercado de TI

Se por um lado a indústria da tecnologia e informação lida com inovações, por outro ainda persistem doses de machismo que revelam uma faceta conservadora do mercado de trabalho. É comum que as mulheres profissionais de TI enfrentem preconceitos e barreiras por terem escolhido uma profissão que, na cabeça de alguns, “é coisa de homem”. Para desmistificar essa visão, a Sala BitBlog promove um encontro entre Liv Souza e Tâmara Xavier, representantes do Startup Weekend Women, e Josilene Santana, co-fundadora do grupo Women Who Code. Também participa Thaís Freitas, analista de qualidade da ThoughtWorks, uma empresa de software e uma comunidade de pessoas apaixonadas e guiadas por propósitos, especialistas em consultoria, entrega e produtos de software. A multinacional busca entregar tecnologia que atenda aos maiores desafios de clientes e, ao mesmo tempo, revolucionar a indústria de tecnologia e promover mudanças sociais positivas.

18h30 – Empreendedorismo e games

Você já teve vontade de juntar uns amigos e montar uma empresa desenvolvedora de jogos? Se essa ideia passou pela sua cabeça, mas você não sabe nem por onde começar, venha para esta palestra. Quem vai dar um norte sobre os primeiros passos no empreendedorismo é Marcos Oliveira, gerente de incubação do Porto Digital. Ele possui experiência com consultoria para startups na área de jogos que passaram pelas incubadoras do parque tecnológico do Recife. Além disso, vai trazer cases e enfatizar aspectos mercadológicos que os empreendedores em games precisam levar em conta para alcançar o sucesso.

Recife recebe 5ª edição do Festival do Videogame em março

O público gamer do Recife, que já está na expectativa pelo Museu do Videogame que volta à cidade em abril, ganhou um motivo para comemorar antes da data.

No próximo mês, em março, a capital pernambucana recebe mais um evento que mistura jogos, tecnologia e cultura geek. É a 5ª edição do Festival do Videogame de Pernambuco, que vai acontecer no dia 13, no prédio da Expolab. O espaço funciona na Avenida Governador Carlos de Lima Cavalcanti, 100, bairro do Derby.

Uma das atrações será o projeto Guitar Gamers, um show com cinco guitarristas que vão tocar clássicos dos videogames enquanto o telão exibe cenas de títulos consagrados. Com certeza vai ter muita coisa que já apareceu no nosso BitSound. Para a galera que gosta de dançar, haverá um campeonato de Just Dance 2016. Ele promete ser bem disputado, então comece a se preparar caso pense em concorrer.

A 5ª edição do Festival do Videogame ainda vai trazer uma mostra bem interessante contando a história dos videogames, uma exposição sobre 20 anos do PlayStation, sala temática para comemorar os 20 anos de Pokémon, workshops, dubladores e youtubers gamers. Quem curte RPG vai encontrar um cantinho preparado para amantes do gênero – que também contempla a turma dos card games. A organização prepara um divertido “esquenta” para o filme Batman vs Superman, analisando quem poderia levar a melhor nesse duelo.

Neste ano, o BitBlog é um dos parceiros do evento. O Festival do Videogame terá a Sala BitBlog, um espaço preparado por mim e Diego – também editor do Bit – para trazer palestras e debates sobre a indústria dos games, empreendedorismo e inclusão social no mercado de trabalho. Confira aqui o que vai acontecer na Sala BitBlog.

A programação do Festival do Videogame vai acontecer das 10h às 20h e os detalhes serão divulgados posteriormente.

Os ingressos antecipados do 1º lote já começaram a ser vendidos pelo Eventick e custam R$ 15. Você pode acompanhar as novidades no evento do Facebook e aqui no BitBlog. O Festival do Videogame é uma criação do produtor e publicitário Kelmer Luciano(Cidadão Kelmer Produções), que em sua 5ª edição conta com a parceria do publicitário Alfredo Galamba (Expolab) e da Interdata.

 

 

 

Jovens empreendedores discutem o que deu errado no Momento Crítico

Quem disse que empreender e abrir uma startup é só glamour? A bem da verdade – e digo baseado em várias entrevistas – ser dono do próprio negócio é um desafio tão recompensador quanto dolorido. Num processo contínuo de tentativa e erro, muitos negócios acabam fechando e os empreendedores, com frequência, acumulam experiências e perdem dinheiro.

O que não é, necessariamente, algo ruim.

A aceleradora Jump Brasil convida o público a conhecer cases de fracasso. Nesta edição, a organização promete uma sessão de aprendizado com André Araújo e Emerson Silva através das experiências empreendedoras da Ogilvy no Recife. O segundo case será apresentado por Rafael Palermo, com as histórias de altos e baixos da startup RoofTOP.

O bate-papo é na noite desta quinta-feira (04), às 18h45, quando acontece o Momento Crítico 2016, um encontro que encerra as programações do Recife Summer School do Porto Digital. As inscrições para o evento custam R$ 20 e podem ser feitas neste link.

Interesse notar que no Vale do Silício – o maior polo de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo – prevalece a cultura do fail fast e smart fail. Quanto mais fracassos você acumula, mais conhecimento possui para não repetir os mesmos erros. É o tipo de experiência que chama a atenção dos investidores lá fora. Desde que não se esbarre sempre nas mesmas barreiras – daí o smart (inteligente).

Aqui no Brasil, essa lógica ainda é vista com desconfiança. Não é fácil entender, de imediato, por que o fracasso deve ser valorizado. Felizmente existem iniciativas que brotam da própria comunidade, como o Momento Crítico, e servem de farol para guiar a nova geração de empreendedores.

Abertas inscrições para o Startup Weekend Women Recife

Março, mês em que se comemora o Dia da Mulher, será marcado também por um evento muito especial para o ecossistema de tecnologia e economia criativa do Recife. A capital pernambucana voltará a receber uma edição do Startup Weekend com foco nas mulheres – um público que costuma enfrentar barreiras impostas pelo machismo de uma indústria que inova muito em tecnologia, mas às vezes patina em questões sociais.

As inscrições já estão abertas e o encontro acontecerá entre os dias 18 e 20 de março, na Jump Brasil, aceleradora do Porto Digital. Oitenta empreendedoras, designers e desenvolvedoras vão unir forças para transformar ideias em negócios dentro de 54 horas. O primeiro lote promocional de ingressos é vendido a R$ 100 e encerra-se no próximo domingo (07).

Será a segunda edição de um Startup Weekend Women no Recife. Confira aqui como foi a primeira edição, em outubro do ano passado. Abaixo, colocamos também um vídeo do evento realizado em 2015.

Intervalo Cesar discute benefícios da tecnologia para a educação

A próxima edição do Intervalo Cesar acontece na próxima quarta-feira (03), às 17h, no Cesar.edu. O evento é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas clicando aqui. Desta vez, o tema do encontro será Como a Tecnologia pode impactar a Educação? Nesta edição, alunos da Escola Técnica Cícero Dias – NAVE Recife, uma instituição parceira do Cesar através do Oi Futuro, mostrarão projetos desenvolvidos e falarão sobre o impacto dessa experiência no seu futuro.

De acordo com a Oi, o NAVE (Núcleo Avançado em Educação) é “um programa de Ensino Médio Integrado Profissionalizante desenvolvido pelo Oi Futuro em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do Rio de Janeiro e Pernambuco. Isso significa unir uma escola pública de ensino médio a cursos técnicos em tecnologias digitais”.