Square Enix

Final Fantasy XV é adiado para 29 de novembro

Atualização (15/08): A Square Enix confirmou o adiamento do game para 29 de novembro. O diretor Hajime Tabata justificou: “precisamos de mais tempo para entregar a nossa visão do jogo e estamos confiantes que a nova data irá nos ajudar. Quero pedir desculpas a todos pela espera adicional“. Então tá.


Texto original (14/08): Após ter jogado uma demonstração bem rápida na E3 deste ano, que deixou mais perguntas do que respostas no ar, confesso que bateu um pouco de frustração. Final Fantasy XV tá tão perto de seu (suposto) lançamento, e ainda há tanta informação que desconhecemos. Algo confuso para um jogo que está previsto para 30 de setembro – até então.

O Gamnesia divulgou a informação de que FFXV será adiado para 29 de novembro. Uma fonte da rede de lojas americana GameStop teria fornecido a informação ao site. Um encarte, visível abaixo, orienta os funcionários a trocar a data de lançamento em alguns banners, colando um adesivo com a nova data. Isto seria liberado ao público, de acordo com novas informações, no decorrer desta semana. Só nos resta aguardar.

Encarte que teria sido divulgado para funcionários da GameStop

Encarte que teria sido divulgado para funcionários da GameStop

Quem deve ter adorado a notícia é a Atlus, que lança mais ou menos no mesmo período o aguardado Persona 5 no Japão, um concorrente direto de FFXV no gênero.

10 fatos sobre Final Fantasy X que poucos conhecem

Terminei, enfim, a versão HD Remaster de Final Fantasy X. Que grande jogo. Não poderia haver um melhor momento para trazer aqui curiosidades sobre o título, disponível no PS2, PS3, PS Vita, PS4 e, mais recentemente, PC (via Steam). Veja abaixo alguns fatos que poucos conhecem, afinal, é mais uma edição da nossa coluna Bastidores.

OBS: não tem nenhum spoiler significativo neste artigo, exceto pela menção aos nomes dos Aeons e por uma cena bizarra entre os protagonistas. Se considera isso um spoiler, fica o aviso.


A Buster Sword, de FF7, estaria de volta

A famosa espada de FF7 foi encontrada em FFX

A famosa espada de FF7 foi encontrada em FFX

Um dos pontos marcantes de Final Fantasy VII é a Buster Sword. A espada do protagonista Cloud Strife, no entanto, estava prevista para retornar em FFX. Alguns jogadores descobriram que o equipamento gigantesco está no código do game, como uma espada compatível apenas com Tidus. Não se sabe o motivo pelo qual a Square retirou a Buster da versão final, sendo necessário o uso de cheats (como o acessório Action Replay) para obtê-la.

Haveria um modo online

Já ouviu falar do PlayOnline? O serviço foi uma tentativa da Square de criar uma plataforma única para os seus jogos online, como Front Mission Online e EverQuest II. Final Fantasy X, no PS2, seria um dos primeiros games compatíveis. No entanto, os recursos online foram descartados no decorrer do desenvolvimento, pois o projeto já estava bem ambicioso. Tais funcionalidades foram migradas para Final Fantasy XI, o único game que ainda mantém o PlayOnline ativo em 2016 (em sua versão para PC).

A inspiração para o mundo de Spira

O designer de personagens Tetsuya Nomura revelou a inspiração para Spira. Segundo ele, o Japão, Tailândia e a região do Pacífico Sul determinaram a ambientação e a cultura do mundo de FFX, principalmente nas ilhas de Besaid e Kilika, presentes no início do jogo.

Uma longa jornada

O mundo de Spira é imenso, pelo menos para a época (2001)

O mundo de Spira é imenso, pelo menos para a época (2001)

O script de Final Fantasy X é 10 vezes maior que a média dos filmes hollywoodianos. São tantas reviravoltas no enredo que até os dubladores se impressionaram. Matt Mckenzie e Hideo Ishikawa, as vozes de Auron nas edições americana e japonesa – respectivamente – ficaram “imensamente chocados” com o final daquele personagem, por exemplo.

Arrancando lágrimas

Em uma pesquisa feita pela revista Famitsu no Japão, divulgada em 2012, FFX foi eleito o jogo que mais emocionou os jogadores. De fato, o final é muito tocante. Mas não vou falar nada, vamos conter os spoilers… Se não jogou ainda, tá perdendo tempo!

Desafio adicional

As edições europeia e International do jogo no PS2, lançadas algum tempo após a norte-americana, trouxeram vários desafios adicionais, incluídos também no recente HD Remaster (PS3, Vita, PS4 e PC). O mais notável: todos os Aeons ganharam versões “Dark”, que surgem durante as side-quests no intuito de atrapalhar o jogador. De Dark Valefor até as Dark Magnus Sisters, é preciso ter paciência para derrotá-los (ou pagar muito pro Yojimbo)…

Teve cena virando meme

Em um momento do jogo, Tidus sugere a Yuna rir bem alto, como forma de motivá-la e esquecer os problemas. Foi algo bizarro (veja acima), que gerou piadas entre os jogadores. O site USGamer fez uma entrevista recente com três tradutores do game e ouviu a seguinte resposta:

Em um momento, conversei com o escritor Nojima-san sobre essa cena, e perguntei: “o que diabos é isso? o que devo dizer ao ator? Porque essa cena é bem incomum”. E o Nojima basicamente disse que ele estava praticando a ideia de rir forçadamente, e que isso inclusive era algo feito em aulas de atuação. Então, foi algo estranho, tanto na versão em inglês quanto em japonês. Não foi algo relacionado à tradução.

O retorno dos Summons

Summons, Eidolons, Espers… Embora tenham nomes diferentes no decorrer da série Final Fantasy, todos eram formas de invocar “entidades” para auxílio nas batalhas. Em FFX, eles se chamam Aeons e podem ser controlados pelo jogador, sendo invocados por Yuna. Vários deles aparecem em outros jogos da série, exceto por Valefor (o Aeon preferido de Yuna) e os 3 secretos. Em outras palavras, você verá aqui os clássicos Ifrit, Ixion, Shiva e Bahamut.

Teve, pela primeira vez, uma continuação direta

Até então, todos os Final Fantasy da série principal eram independentes. Mas o sucesso de X foi tão grande que veio Final Fantasy X-2 em 2003, a primeira continuação direta em formato jogável. Embora não tenha vendido tanto quanto X, a sequência X-2 também foi um sucesso de crítica, sendo incluído nos relançamentos recentes em HD.

Tentou-se criar um elo com FF7

O jovem al-bhed Shinra, cientista de FFX-2

O jovem al-bhed Shinra, cientista de FFX-2

Os produtores do jogo tentaram criar conexões com o universo de Final Fantasy VII, mas só conseguiram implementar em X-2, quando Shinra e Rin discutem o potencial do Farplane como uma fonte de energia. O primeiro afirma que a possibilidade de refinar tal energia de forma segura só poderia ser feita “muitas gerações após”. Foi daí que viria a origem da Shinra Electric Power Company de FF7, viabilizada através da viagem espacial.

World of Final Fantasy: veja 10 minutos de gameplay

Anunciado na E3 2015, World of Final Fantasy é a aposta da Square Enix para conquistar jogadores mais novos, além de relembrar a mecânica dos primeiros games da série. O RPG chega ao PlayStation 4 e PS Vita em 25 de outubro.

Por não ter sido exposto na E3 2016 (não vimos nada do game por lá, exceto por um banner), muita gente se questiona se World of Final Fantasy será lançado mesmo nesse ano. Afinal, poucas novidades tinham sido reveladas. Para saciar a curiosidade dos fãs, o canal PlayStation Access conseguiu um gameplay de 10 minutos do jogo, mostrando o seu sistema de batalha e evolução. Confira abaixo.

Jogamos: Final Fantasy XV é um novo recomeço

Após alguns tropeços em títulos recentes, ser bem-sucedida em Final Fantasy XV é uma questão de honra para a Square Enix. Considerando que o jogo vem sendo feito desde 2006, com direito a muitas reviravoltas na produção, em 30 de setembro – data de lançamento – saberemos se a longa espera valeu a pena. Até lá, oportunidades como a E3 nos ajudam a termos um gostinho de como está ficando o aguardado título.

Na E3, além da demo em VR (falaremos dela depois), foi disponibilizada a missão The Trial of the Titan. Ao explorar uma caverna e enfrentar alguns inimigos, pudemos enfim avaliar o novo sistema de combate do game, que sai do tradicional modelo em turnos para uma abordagem mais dinâmica. Até que funcionou bem! Mas era só o início. Ao seguir com o protagonista Noctis e seus parceiros Gladiolus, Ignis e Prompto pelo caminho, eis que surge um gigante chefe. Foi preciso me esquivar de vários ataques para poder, enfim, achar uma brecha para invocar Blizzara no braço da criatura. Com isso, os heróis seguiram a aventura e terminou a demonstração.

Final Fantasy XV - E3 2016 - 2Segredo para vencer o chefão da E3: correr, correr e correr

Quando terminou, a impressão é que a demo foi tão rápida que não deu pra formular uma opinião adequada. O novo sistema de batalhas é interessante, mas exige um pouco de treino. Além disso, resta saber se o resultado final será tão linear como vimos na E3. Por enquanto, vamos ficar na torcida para a franquia voltar ao seu auge.

PC Gaming Show: veja o que aconteceu

A E3 não é, de forma alguma, restrita aos consoles de mesa. Os PC gamers também estão representados. Prova disso é o PC Gaming Show, pré-conferência da E3 2016 voltada a quem joga no computador. Acompanhe abaixo tudo o que rolou no evento! Estávamos lá, cobrindo ao vivo para você.


Confira a nossa cobertura da E3 2016, direto de Los Angeles

Quer ver a E3 deste ano de um jeito diferente? Acompanhe com a gente. A maior feira de videogames do mundo vai acontecer em junho e o BitBlog estará cobrindo tudo ao vivo, direto de Los Angeles.

O evento propriamente dito vai durar apenas três dias, mas antes disso as maiores empresas da indústria costumam fazer suas próprias conferências. Por isso, a cobertura do BitBlog será maior, de 12 a 17 de junho. Em todos estes dias, transmitiremos ao vivo, em nossa página do Facebook, o Jornal da E3, às 11h30 da manhã (horário de Brasília). Ele trará um resumo das novidades e também vamos atualizar vocês sobre o que jogamos, o que mais gostamos e o que chamou atenção, além de informações de bastidores.

E3 2015 - Conferência UbisoftGrandes conferências, anúncios e surpresas: chegou o melhor momento do ano para gamers

O BitBlog vai mostrar todas as novidades das conferências da Sony, direto do The Shrine Hall, em um post no site + transmissão no Twitter. O evento da Microsoft funcionará de forma similar. De olho nos PC gamers, também fomos convidados para a PC Gaming Show 2016, direto do The Theatre. Já a Nintendo, que optou por algo mais modesto neste ano, terá nossa cobertura direto do pavilhão do LA Convention Center.

Abaixo, veja um resumo da nossa cobertura ao vivo. Queremos você participando com a gente! Portanto, podem mandar comentários, sugestões e perguntas. Lembrando que todos os horários seguem o fuso de Brasília. E, além dos eventos abaixo, lançaremos conteúdo no site, que vai ficar com a cara da E3. Também é importante destacar que outras pautas podem surgir na agenda de última hora e vamos fazer o possível para buscar as informações mais interessantes para nossos leitores.

AGENDA

Domingo, 12 de junho

  • Conferência da EA (EA Play)
    • Onde? Já terminou, veja aqui no site
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que foi falado? Trailers dos novos jogos da empresa, como Titanfall 2 e o novo Battlefield

Segunda, 13 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? O que jogamos no dia anterior (Titanfall 2, Battlefield 1) e as expectativas do dia
  • 13:30 – Conferência do Xbox
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Anúncio de novos jogos para Xbox One e Windows 10, além do possível anúncio de novo modelo do Xbox
  • 15:30 -PC Gaming Show 2016
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Novos games para PC e novidades de realidade virtual
  • 17:00 – Conferência da Ubisoft
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? For Honor, Watch Dogs 2, novo Ghost Recon e possíveis surpresas
  • 22:00 – Conferência do PlayStation
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Anúncio de novos jogos para PS4 e PS VR, além do possível anúncio de novo modelo do PS4

Terça, 14 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
  • 13:00 – Transmissão da Nintendo – novo The Legend of Zelda (Wii U)
    • Onde? No próprio site do BitBlog
    • Formato? Vídeo oficial do evento + cobertura em tempo real
    • O que será falado? Tudo sobre o novo Zelda, em edição para Wii U

Quarta, 15 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3

Quinta, 16 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? Tudo que jogamos no segundo dia de E3, nossa passagem pelo estande da Square Enix, o que rolou no festival indie MIX e as expectativas do dia

Sexta, 17 de junho

  • 11:30 – Jornal da E3
    • Onde? Na página do BitBlog no Facebook
    • Formato? Vídeo ao vivo
    • O que será falado? Tudo que jogamos no último dia de E3, o que rolou no estande da Alienware e, para encerrar, os bastidores do evento

Acompanhe com a gente! #BitBlogNaE3

Kingdom Hearts chega ao iOS e Android

Você sabia da existência de Kingdom Hearts: Unchained X? Trata-se do prólogo da série, já disponível no Japão para iOS e Android. Para atender aos apelos dos fãs ocidentais, a Square Enix anunciou a chegada do jogo à América do Norte em 7 de abril. Não está claro quando o Brasil receberá sua versão, mas não deve demorar muito.

Kingdom Hearts Unchained X - 2O visual é nitidamente mais infantil

A partir de um personagem personalizado, é possível se aventurar por universos temáticos da Disney. O jogo se passa antes da Keyblade War, assumindo o papel de um guerreiro de uma famosa facção. A narrativa está conectada a Kingdom Hearts III. Com interfaces mais amigáveis, Unchained X é uma tentativa de atrair os jogadores casuais, além de agradar os fãs de longa data.