SteamOS

Tyranny, RPG de ação, é destaque no Steam

Você se lembra de Pillars of Eternity? O game – que foi um dos maiores sucessos até hoje do financiamento coletivo – esteve entre os destaques de 2015. Agora, eis que surge um sucessor espiritual, Tyranny, também para Windows, Linux e Mac OS X.

Após a conquista do mundo pelo maligno Kyros, é preciso restabelecer a ordem e decidir o que fazer com as facções sobreviventes. Na pele de um dos membros mais altos do recém-estabelecido império, o jogador deverá navegar por diferentes regiões, encontrando novos adeptos e eliminando aqueles que insistem em se opor.

Gameplay de Tyranny

Sai da frente

Tyranny chama atenção pelo enredo inusitado – não é mais uma aventura na pele de um herói ou uma heroína. Além disso, as decisões tomadas pelo protagonista geram profundas consequências. O que é melhor fazer? Tentar influenciar o povo, impor respeito ou incitar uma nova revolução? Depende de você.

Em menos de uma semana, o game da Obsidian já figura entre os mais vendidos do Steam. A avaliação da imprensa no Metacritic tem média de 83/100. Vindo de um estúdio tão cultuado, acho que ninguém esperava algo diferente. Tyranny está disponível desde 10 de novembro.

Bear Simulator: um game sobre… ursos

Ainda surpreso com o sucesso de Goat Simulator, que permite controlar uma cabra assassina? Eis que apareceu mais um simulador bizarro.

Bear Simulator chegou na última sexta-feira à Steam. No papel de um urso, corra por florestas, montanhas e praias, enfrentando animais, entre outras atividades típicas de um predador. O título alcançou mais de US$ 100 mil de financiamento coletivo através do Steam Greenlight em 2014. Na internet, o “jogo” enfrenta uma reação “ame ou odeie” de quem já jogou.

O título está disponível para Windows, Linux, SteamOS e Mac OS X por R$ 27,99. Veja o trailer:

Street Fighter V é finalmente lançado

Após anos de espera, Street Fighter V chegou, na madrugada desta terça-feira, ao PlayStation 4 e ao PC. O jogo foi um dos assuntos mais comentados do dia. Os proprietários do Linux e SteamOS (o que inclui as Steam Machines) receberão suas edições entre março e junho de 2016, enquanto uma versão para Mac ainda não está nos planos da Capcom.

Recepção

Com média de 8,2 no Metacritic, o título de luta foi aprovado por grande parte da imprensa, mas com ressalvas importantes. A IGN elogiou a mecânica apresentada e os recursos competitivos, mas criticou a pouca quantidade de conteúdo. A EGM acredita que o quinto capítulo da famosa franquia poderá se tornar algo muito especial, mas apenas quando as atualizações prometidas pela Capcom se tornarem realidade. Até lá, o portal acredita que é um produto inacabado. Outros sites elogiaram o visual e a jogabilidade, classificando o jogo como obrigatório para quem gosta do gênero.

Enquanto alguns jogadores traziam apenas elogios, outros usaram fóruns da internet para reclamar do preço cobrado pelo game. Por se tratar de algo ainda carente de modos (principalmente no single-player), há quem defenda que o título deveria ser mais acessível, ao invés de cobrar o preço convencional de um lançamento (US$ 60).

Street Fighter V - RyuVisual de SF V é um dos pontos altos

Problemas no online

O produtor de Street Fighter V, Yoshinori Ono, usou o Twitter para pedir desculpas pela instabilidade dos modos online. Nesta terça-feira, muitos jogadores não conseguiram se conectar aos servidores da Capcom. Ono informou que uma conta no Twitter irá atualizar os seguidores em relação ao status de conectividade.

Futuro

Mesmo com algumas críticas convincentes, o futuro de Street Fighter V empolga. A Capcom quer que o mesmo dure uma geração inteira de consoles, já que vai lançar conteúdo adicional para download de forma frequente. SF V tem tudo para se tornar um dos melhores games de luta de todos os tempos, com grande popularidade. Basta resolver os pontos em aberto, que não são poucos.