Super Mario Run

Super Mario Run não trouxe lucros satisfatórios para a Nintendo

Sim, nós gostamos de Super Mario Run, a estreia do mascote no iOS e Android. Mas o modelo bizarro de monetização (trial gratuito, 10 dólares para liberar o resto) causou revolta na comunidade gamer. Isso impactou na avaliação do jogo na App Store, inclusive. Agora, com a chegada ao Android, a Nintendo aumentou o conteúdo da edição gratuita, mas ainda não conseguiu fugir das críticas.

Super Mario Run não é o número 1 da Nintendo no iOS?!

Em conversa com o Nikkei, o presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, revelou que o título “não alcançou as expectativas (de lucro)”. Enquanto isso, Fire Emblem Heroes adotou um modelo freemium (grátis para jogar, com itens especiais pagos) e se tornou o título mobile mais rentável da empresa. Ainda assim, um executivo afirmou ao Nikkei que a casa de Mario ainda não acredita completamente nesta forma de monetização e insistirá em Super Mario Run do jeito que é hoje.

Telas do game: mapa, conclusão de fase e gameplay em mansão assombrada

Super Mario Run: um game bem interessante, mas que sofreu com uma péssima estratégia de marketing e monetização

Se a chegada do jogo ao Android vai mudar a situação, nós não sabemos. Mas Nintendo, vem cá: deixa de ser teimosa!