Uber mira o Recife e contrata gerentes - BitBlog

Uber mira o Recife e abre vagas para gerentes na cidade

Embora não confirme oficialmente seus planos de expansão pelo país, o aplicativo de motoristas particulares Uber dá pistas de que – para o bem ou para o mal – chegará ao Recife. Há pouco menos de uma semana a empresa passou a ofertar, no menu de empregos do seu próprio site, vagas para a capital pernambucana. Uma delas é a de gerente geral. Na descrição da oportunidade, é dito que a posição é uma das mais exigentes dentro da companhia: “Como líder, (o candidato) é responsável pelo desenvolvimento e crescimento do nosso negócio em uma das principais cidades internacionais”.

Há outras duas vagas para os cargos de gerente de marketing e gerente de operação e logística. Recife é a única capital brasileira do Norte e Nordeste relacionada no banco de oportunidades do Uber. Todas as demais são para São Paulo, Belo Horizonte, Brasília (o aplicativo já funciona nessas três) e Curitiba, que possivelmente também receberá o serviço.

A descrição das atividades é apresentada de maneira bem coloquial e despojada. “Identificar e envolver os defensores da comunidade Uber que são igualmente apaixonados por explorar a cidade e serem salvos da alternativa deprimente (aqueles carros amarelos”, explica a vaga de gerente de marketing, alfinetando os taxistas. Os valores das remunerações não são informadas pelo Uber, que deve negociar o salário de acordo com a experiência de cada profissional.

Apesar das recentes polêmicas – especialmente a queda de braço com a categoria dos taxistas – parece que a plataforma vai mesmo chegar por aqui. Outro foco de resistência pode se formar na Câmara Municipal do Recife. Nesta semana, a vereadora Isabella de Roldão (PDT) apresentou um projeto de lei que pode proibir o serviço de transporte remunerado em carros particulares. O texto do PL propõe até uma multa no valor de R$ 1.700 e apreensão do veículo em caso de descumprimento.