currículo

Branded.me monta seu currículo online de graça

Branded.me

Ter um currículo organizado e apresentável é importante para buscar novas oportunidades no mercado de trabalho, mas nem sempre é o suficiente. Em tempos de redes sociais e pessoas cada vez mais conectadas pela internet, é importante ter um site relatando suas experiências profissionais e qualificações. O Branded.me oferece esse serviço gratuitamente. Ele utiliza informações do perfil no Linked.In para criar páginas bonitas que trazem um resumo da biografia do usuário, experiências anteriores, qualificações e recomendações. Há a opção de pagar US$ 7 por mês e ter acesso a mais recursos, como domínio e e-mail customizados.

Aproveite e clique aqui para ler nosso post com dez dicas para arranjar um emprego na internet.

Dez dicas para arranjar emprego na internet

Oportunidades de emprego na internet

Desde o início do ano, dificilmente uma palavra foi tão martelada pelos jornais como “crise”. As previsões pessimistas para o cenário político-econômico brasileiro e o risco de recessão andam de mãos dadas com o desemprego. Dependendo da área de atuação, a situação é desfavorável para quem procura um trabalho neste período. Mas a internet continua sendo uma grande aliada quando os meios tradicionais – a exemplo de indicações e anúncios nos classificados – não surtem efeito. Por isso, o BitBlog traz uma lista com dicas para tirar proveito da web e aumentar as chances de conseguir um trabalho. Confira:

Postura nas redes sociais

Antes de começar a procurar um emprego, é interessante fazer uma análise crítica do seu próprio comportamento na internet. Só uma pessoa muito ingênua acredita que as atividades na rede – desde o que escreve na timeline ao que curte no Facebook – não deixam uma impressão nos recrutadores. Se ela será boa ou ruim, depende de você. Detonar o emprego antigo, o chefe ou colegas de trabalho nas redes sociais é um verdadeiro tiro no pé, embora mais comum do que se imagina. Também não precisa agir de forma artificial, mas talvez a sua futura empresa vire ex-futura empresa por conta do estilo de vida que transparece das suas redes sociais. Dê uma lidinha aqui e veja este vídeo aqui para aprender mais. Nada de curtir a página da Vasp. E não é da companhia aérea que estamos falando.

Considere ter um blog

O WordPress é uma ótima plataforma para criar blogs gratuitamente. Imagino que vocês estão se perguntando como manter um blog tem a ver com buscar emprego na internet. A resposta é simples: construir o mínimo de presença digital. Escolha um layout – o WordPress oferece vários sem cobrar nada – e fale sobre como você é profissionalmente. Ponha seu currículo e/ou portfolio nesse espaço virtual. Quer ir além do básico? Escreva sobre temas da sua área de atuação, caso você se garanta muito no que faz. Além de demonstrar algum domínio tecnológico, quando as pessoas buscarem seu nome no Google, podem cair no seu blog. Use ele para vender o peixe, que é você mesmo. Clique aqui para ver algumas orientações sobre como configurar o WordPress. Neste outro link, dicas para escrever bem.

Grupos no Facebook

Se você é uma daquelas pessoas que ainda tem a imagem de que as redes sociais são ambientes pouco produtivos, reveja seus conceitos. Assim como ocorria no Orkut, o Facebook é repleto de grupos interessantes, onde os internautas discutem boas práticas e tendências na sua área de atuação. Também sobram grupos cuja finalidade é divulgar oportunidades de trabalho. Use o campo de busca para tentar localizar esses redutos digitais e, na medida do possível, participe. Veja alguns exemplos aqui e aqui.

Indeed

O Indeed é um dos principais sites de emprego da internet. Segundo os administradores, a plataforma recebe mais de 180 milhões de visitantes únicos por mês em 50 países diferentes. Uma das vantagens é que ele faz a busca por vagas disponibilizadas também em outras páginas e o cadastro de currículo é gratuito. Outra opção muito útil é assinar alertas de oportunidades em segmentos específicos. Você pode ser notificado por e-mail quando surgir uma vaga de gerente de tecnologia na cidade ou região de seu interesse, só para dar um exemplo. Baixe também o aplicativo para Android ou iOS.

Curriculum

Alternativa ao Indeed, o Curriculum também é gratuito e possui um layout mais arrojado, com estatísticas atualizadas de vagas por estado e a quantidade de processos de recrutamento que ajudou a promover nos últimos seis meses. Há uma ferramenta de consultor virtual com dicas para maximizar as chances dos candidatos com base no desempenho do seu currículo. Em outra seção da página você confere um detalhado guia brasileiro de cargos e salários. Baixe o app para Android.

Infojobs

Outro site muito procurado por quem está prospectando oportunidades de emprego. Um diferencial do Infojobs é que ele lista cursos (alguns são até gratuitos) recomendados para melhorar o perfil profissional dos candidatos. Mesmo que você não os faça, serve de norte para descobrir temas que merecem um aprofundamento, mesmo que de forma autodidata, à base de Google e Wikipedia. O Infojobs também lista concursos públicos em aberto no país. Baixe o aplicativo para Android, iOS ou Windows 8.

Ciee

Claro que a gente não podia esquecer dos estagiários. O Ciee é o portal do Centro de Integração Empresa-Escola, especializado em vagas para estudantes. Ele conta até com um “teste de temperamento”, mas não tem nada a ver com humor, apesar do nome. É uma espécie de mapa da sua personalidade e aptidões para fornecer sugestões sobre sua futura carreira. A ferramenta ajuda quem ainda está repleto de dúvidas sobre qual área seguir.

Iel

Assim como o Ciee, o Instituto Euvaldo Lodi (Iel) é focado em busca de estágio. Um dos benefícios são as várias parcerias que eles fazem pelos estados do Brasil para ministrar workshops e palestras sobre oportunidades de crescimento. Particularmente, não gosto muito da navegação do site, mas estudantes podem recorrer a ele como fonte de oportunidades.

Linked.In

A rede social corporativa mais famosa do mundo, porém nem tão simples de usar. Para facilitar, veja este guia com dicas do Estadão. As principais recomendações da gente são manter o perfil bem atualizado e o mais completo possível, porém sem encher linguiça, além de tomar cuidado com qualquer tipo de interação. O Linked.in preza por um ambiente profissional, totalmente diferente do Facebook. Avalie bem o que escreve, o que curte e quem adiciona aos contatos. Tomando as devidas precauções, ele é excelente para ingressas em grupos de discussão do seu segmento de atuação e buscar vagas. Vale ressaltar que algumas áreas, como o setor de tecnologia da informação, são mais adeptas da rede social do que outras.

Landing.jobs

Este é mais voltado para profissionais de tecnologia da informação, grande parte do público do BitBlog. A Landing.jobs é uma startup portuguesa que quer levar brasileiros para o exterior. Falamos mais sobre ela aqui, quando fizemos uma entrevista com o co-fundador Pedro Oliveira e a gerente de projetos Flávia Motta.